BASTIDORES

No Recife, Rodrigo Maia fala em 'novo projeto' do DEM e ala do PSB

Presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM) fala em "novo projeto para o Brasil" e demonstra entrosamento com ala do PSB

Da Editoria de Política
Da Editoria de Política
Publicado em 30/06/2017 às 16:15
Foto: JC/Editoria de Política
Presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM) fala em "novo projeto para o Brasil" e demonstra entrosamento com ala do PSB - FOTO: Foto: JC/Editoria de Política
Leitura:

Ao tratar da aproximação do DEM com um grupo de insatisfeitos do PSB, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu nessa sexta-feira (30), no Recife, a construção de "um novo projeto para o Brasil". Segundo apurou a coluna Pinga-Fogo, do jornalista Giovanni Sandes, esse "novo projeto" pode ser a criação de um novo partido, que abrigaria parlamentares do DEM e parte do PSB.

Maia participou do lançamento do programa Nordeste Conectado, no Porto Digital, em uma agenda com os ministros Mendonça Filho (DEM, Educação) e Fernando Filho (PSB, Minas e Energia), além do senador Fernando Bezerra Coelho (PSB).

No evento, Maia recheou seu discurso de recados cifrados sobre o "novo projeto". Segundo ele, a polarização entre PT e PSDB não vai existir no futuro. "A questão prática é que, como a gente (DEM e parte do PSB) tem convergência nos temas que estão em pauta, estamos trabalhando em conjunto no Congresso. O nosso diagnóstico da crise do Brasil é parecido e nossa solução é parecida. É um conjunto de uns 30 deputados do DEM e uns 15 do PSB. Não necessariamente eles vêm para o DEM, mas o que se quer construir é um novo projeto".

O democrata disse, ao fim do evento, que o cenário brasileiro precisa de renovação e citou o "esgotamento político". "A gente falou aqui de futuro e, na política, também vai precisar se construir um futuro. Então você vê um esgotamento do sistema partidário brasileiro. E vai se construir um novo caminho", ressaltou.

Essa negociação entre DEM e um grupo de insatisfeitos do PSB, liderados no Estado por Fernando Bezerra Coelho, se intensificou nos últimos dias ao ponto do presidente da Câmara vir a Pernambuco duas vezes em duas semanas - no dia 19, Maia esteve em Petrolina (Sertão) onde foi ciceroneado pelos Coelhos. O deputado passa este fim de semana no Estado em articulações.

No evento, o ministro Mendonça Filho destacou a posição de Maia como "homem com espírito público e compromisso com o Brasil". "Na missão de liderar o parlamento brasileiro há de conhecer os desafios do Brasil para que ele possa, como grande líder do Congresso Nacional, atuar para que o Legislativo também possa colaborar nos compromissos de modernização que a sociedade brasileira exige, quer e precisa".

O evento também serviu para demonstrar a afinidade entre o DEM e a ala do PSB ligada a FBC. O senador exaltou a atuação de Mendonça, que tem aspirações majoritárias em 2018. Nenhum representante do governo Paulo Câmara (PSB) participou dos discursos. A secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado, Lúcia Melo, estava na plateia. Após o cerimonial encerrar o evento, Mendonça foi ao microfone, citou a presença dela e se desculpou pelo esquecimento. Antes, ele tinha mencionado a secretária de Educação do Rio Grande do Norte, Cláudia Santa Rosa.

PRESENÇA FREQUENTE 

A aproximação de Maia com o grupo dos Coelhos não é recente, mas nas últimas semanas houve uma turbinada e o presidente da Câmara intensificou as aparições públicas ao lado da ala do PSB ligada a Fernando Bezerra. No último dia 19, o democrata esteve em Petrolina

Na ocasião, ele visitou a Prefeitura de Petrolina, governada por Miguel Coelho, filho de FBC, e teve um encontro com Paulo Câmara (PSB) e outros nomes do PSB.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias