"Espaço pra todos"

FBC diz esperar um entendimento no PMDB para manter Jarbas e Raul

Filiação do senador ao PMDB e sua candidatura ao governo esbarra em impasse com o apoio do atual diretório estadual ao governador Paulo Câmara (PSB)

Editoria de Política
Editoria de Política
Publicado em 06/09/2017 às 11:39
Jane de Araújo / Agência Senado
Filiação do senador ao PMDB e sua candidatura ao governo esbarra em impasse com o apoio do atual diretório estadual ao governador Paulo Câmara (PSB) - FOTO: Jane de Araújo / Agência Senado
Leitura:

Após a sua filiação ao PMDB, o senador Fernando Bezerra Coelho disse apostar no entendimento para resolver os impasses internos no âmbito estadual, diante do anúncio de candidatura própria para o governo de Pernambuco e o alinhamento do diretório estadual ao governador Paulo Câmara (PSB) atualmente, compondo a Frente Popular. 

Ele chegou a falar por telefone com o deputado federal Jarbas Vasconcelos nesta terça-feira (5) sobre a sua filiação e contou que ele "gostou da minha decisão", disse o senador. Segundo FBC, os dois marcaram de conversar sobre os rumos do partido a partir da próxima semana. "Vamos ter um tempo para uma conversa com Jarbas, Raul Henry e outros companheiros do PMDB para que depois dessas conversas, eu espero, do entendimento que a gente possa construir, marcarmos um evento para assinalar um novo momento do PMDB em Pernambuco", contou. 

Espaço para FBC e Jarbas

FBC diz que espera que haja espaço para os dois na sigla. "O deputado Jarbas Vasconcelos é uma pessoa com quem eu tenho um bom relacionamento", contou. Porém, em entrevista à Rádio Jornal na semana passada, o deputado garantiu que não há possibilidade de romper com o governador.

Um pedido de dissolução do diretório estadual do partido, presidido pelo vice-governador Raul Henry (PMDB), afilhado político do deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB) está na mesa de Romero Jucá. A decisão sai na próxima reunião da Executiva Nacional, que ainda não tem data. 

PMDB de Pernambuco

A atual direção estadual do partido emitiu uma nota garantindo o apoio à reeleição de Paulo Câmara e criticando o gesto de Fernando. O presidente nacional do partido, Romero Jucá, quer dar o comando do PMDB-PE a Fernando, mas deve enfrentar resistências do deputado Jarbas Vasconcelos (PMDB), nome histórico da legenda.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias