PMDB

FBC para Jarbas: alguns fracassam em eleger filhos

Pai de um ministro e um prefeito, FBC usou a eleição de filhos contra Jarbas Vasconcelos

Paulo Veras
Paulo Veras
Publicado em 13/09/2017 às 17:03
Foto: reprodução/Blog de Jamildo
Pai de um ministro e um prefeito, FBC usou a eleição de filhos contra Jarbas Vasconcelos - FOTO: Foto: reprodução/Blog de Jamildo
Leitura:

A crítica mais dura do discurso do senador Fernando Bezerra Coelho em resposta ao deputado federal Jarbas Vasconcelos pelo comando do PMDB de Pernambuco foi a que tratou de família. A fala ocorreu na tarde desta quarta-feira (13), no plenário do Senado, reagindo à que Jarbas havia feito no dia anterior, na Câmara Federal. O deputado havia acusado Bezerra de usar o PMDB para atender seus "interesses familiares".

"Partido nenhum pode se prestar a ser instrumento de interesses familiares, mas também é verdade que ninguém, por mais meritórias que sejam as trajetórias, podem se considerar donos de partidos. Neste particular, é importante frisar que não basta ter sobrenome para vencer na política. É preciso vocação, preparo, proposta e muito trabalho. Mas é fundamental ter votos. Alguns líderes fracassam ao tentar eleger seus filhos", reagiu Fernando.

OS FILHOS

Em 2012, Jarbas tentou fazer do filho Jarbinhas vereador do Recife pelo PMDB. Ele amealhou apenas 4.295 votos e ficou na suplência. A assessoria de imprensa do ex-governador disse que ele não comentaria o pronunciamento de FBC.

Já Fernando Bezerra Coelho tem sido mais eficiente em eleger filhos. Em 2014, o hoje ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, foi reeleito deputado federal com 112.684 votos. No ano passado, Miguel Coelho venceu a prefeitura de Petrolina no primeiro turno com 60.509 votos. Os dois ainda estão filiados ao PSB.

Fernando Bezerra Coelho trocou o PSB para o PMDB para levar o partido para a oposição ao governador Paulo Câmara (PSB). Ele trabalha para que Fernando Filho seja candidato ao Palácio do Campo das Princesas.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias