Recadastramento biométrico

Biometria: Quem perdeu o prazo pode regularizar situação em abril

Em abril, eleitor que vota nas 20 cidades que encerram biometria nesta terça (27) podem fazer recadastramento nos cartórios e postos eleitorais

Luisa Farias
Luisa Farias
Publicado em 27/03/2018 às 11:54
Foto: Agência Brasil
Em abril, eleitor que vota nas 20 cidades que encerram biometria nesta terça (27) podem fazer recadastramento nos cartórios e postos eleitorais - FOTO: Foto: Agência Brasil
Leitura:

Os eleitores que votam nas vinte cidades em que o recadastramento biométrico biométrico será encerrado nesta terça-feira (27) que ainda não fizeram o procedimento ainda terão uma outra chance para regularizar a sua situação e poder votar nas eleições de outubro. Durante o mês de abril, os cartórios e postos eleitorais estarão disponíveis para o recadastramento biométrico, mas ele só pode ser feito na cidade onde o eleitor vota. 

Outros serviços também podem ser realizados nesses locais, como transferência de domicílio eleitoral (mudança de cidade), regularização de pendências (multas eleitorais), atualização de dados (endereço, estado civil, profissão, grau de instrução, etc); solicitação de certidões e primeiro alisamento, no caso de jovens entre 16 e 18 anos, para obter o título de eleitor.

As cidades que finalizam o recadastramento formal nesta terça são: Agrestina, Belém de São Francisco, Bodocó, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Carpina, Casinhas, Exu, Flores, Gameleira, Lagoa do Carro, Mirandiba, Riacho das Almas, Ribeirão, Sairé, São José do Belmonte, São José do Egito, São Lourenço da Mata, Surubim, Triunfo.

Para cadastrar a biometria, é preciso estar de posse de documento de identidade, comprovante de residência e Certificado de Alistamento Militar (CAM) para homens maiores de idade. O título fica cancelado por conta da perda do prazo, mas com a biometria, ele é validado novamente. No dia 9 de maio deste ano, o cadastro eleitoral será fechado. Com isso, quem não se recadastrou não poderá mais reverter o cancelamento do título.

Quem está com o título eleitoral cancelado não pode tirar ou renovar o passaporte, fazer matrícula em instituição pública, tomar empréstimo em bancos públicos ou tomar posse após ser selecionado em um concurso público. 

TRE

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) pediu reforço de servidores e da Polícia Militar para atender as cidades com maior demanda, como São Lourenço da Mata, Camaragibe e Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife (RMR). Em Recife, a biometria já foi realizada, ou seja, o eleitor que já tem a sua digital cadastrada não precisa fazer um novo recadastramento. Em Jaboatão dos Guararapes, a biometria só será iniciada no ano de 2021.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias