INELEGÍVEL

Prefeito de Belo Jardim é condenado e fica inelegível por 8 anos

O prefeito de Belo Jardim, Francisco Hélio de Melo Santos (PTB) foi condenado pela Justiça e pode ficar inelegível por 8 anos

Angela Fernanda Belfort
Angela Fernanda Belfort
Publicado em 18/04/2018 às 20:06
Foto: Divulgação
O prefeito de Belo Jardim, Francisco Hélio de Melo Santos (PTB) foi condenado pela Justiça e pode ficar inelegível por 8 anos - FOTO: Foto: Divulgação
Leitura:

O juiz eleitoral da 45ª Zona Eleitoral de Belo Jardim, Dr. Douglas José da Silva, condenou o atual prefeito de Belo Jardim, Francisco Hélio de Melo Santos (PTB), por supostos abusos de poder econômico ocorridos em 2015. Segundo as informações do processo, ele teria doações de alimentos, feito o patrocínio de carteira de estudante e de torneio de futebol, entre outros eventos, e também pelo uso indevido de meios de comunicação. Segundo informações da sentença, o político vai ficar inelegível por oito anos, contados a partir da eleição de 2016.

O prefeito pode recorrer da decisão da Justiça, segundo informações do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE). Se continuar inelegível, isso pode atrapalhar os planos do chefe do executivo de Belo Jardim numa futura reeleição em 2020, quando ocorrerão eleições municipais.

Ainda de acordo com o processo que tramita na Justiça, Francisco Helio teria feito doações e propagado informações em 53 grupos de WhatsApp que contavam com a participação de cerca de 11 mil pessoas em Belo Jardim e região. Na defesa apresentada à Justiça, Francisco argumentou que as ações desenvolvidas no aplicativo não tinham o fim de promoção pessoal ou favorecimento eleitoral.

Nesta quarta-feira (18/04),  a reportagem do Jornal do Commercio contatou o prefeito em dois celulares, enviou uma mensagem, mas ele não retornou até as 19h40m desta quarta-feira (18/04). O número do processo que tramita na Justiça Eleitoral é 232-35.

HISTÓRICO

Francisco Hélio foi eleito numa eleição suplementar realizada no dia 02 de julho do ano passado. Ele tomou posse no dia 25 de julho de 2017. O prefeito eleito em 2016 foi João Mendonça (PSB), afastado pela determinação da Justiça devido à improbidade administrativa.

Últimas notícias