Denúncia

Deputados da oposição denunciam descaso em Compaz

Em visita, os parlamentares encontraram o Compaz com obras inacabadas e abandonadas

Vinícius Sales
Vinícius Sales
Publicado em 27/04/2018 às 17:43
Divulgação
Em visita, os parlamentares encontraram o Compaz com obras inacabadas e abandonadas - FOTO: Divulgação
Leitura:

Após visita ao Centro Comunitário da Paz do Coque (Compaz), na área central do Recife, nesta quinta-feira (26), a bancada de Oposição da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) denunciam o abandono da unidade por parte do poder público. Segundo os parlamentares, a obra do equipamento se encontra em 70% de conclusão, porém se encontra parada.

Ainda segundo a denúncia, a piscina se encontra com focos de dengue, o terreno se encontra sujo e a estrutura do imóvel está deteriorada. "Uma obra que deveria estar fortalecendo a comunidade, está comprometendo a saúde dos moradores, já que além dos problemas de abandono, sofre com infiltrações e acumulo de água, se tornando um reservatório do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue", afirma a deputada Socorro Pimentel (PTB)

“O que se observa é que até agora nada saiu do papel. Já foram gastos milhões no serviço e o equipamento ainda não foi entregue à população. Entendemos que este é um projeto importante para o Coque, mas infelizmente, está abandonado pelo governo Paulo Câmara”, destacou o parlamentar.", afirma o líder da oposição, Silvio Costa Filho (PRB).

A bancada ainda afirma que o local virou ponto de venda de drogas e prostituição. "Ao invés de ser um equipamento que traga tranquilidade e segurança, o local está abandonado dessa forma, com a construção inacabada trazendo problemas para os moradores da comunidade”, afirmou Priscila Krause (DEM).

Também integraram à visita o deputado Augusto César (PTB) e o líder da oposição na Câmara Municipal do Recife, Rinaldo Júnior (PRB).

RESPOSTA

Em resposta às denúncias feitas hoje pelo deputado Silvio Costa Filho sobre o Compaz do Coque, o líder do governo, Isaltino Nascimento, esclarece que a obra do Compaz do Coque encontra-se parada, com 50,55% dos trabalhos concluídos. A empresa responsável pela obra faliu, e a Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) despachou minuta para que a Prefeitura do Recife retome as obras. A previsão é que os trabalhos sejam retomados ainda no primeiro semestre de 2018.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias