Eleições 2018

Na reta final da campanha, Armando expõe projetos em live no Facebook

Senador conversou com eleitores no início da noite deste sábado

Renata Monteiro
Renata Monteiro
Publicado em 06/10/2018 às 19:59
Foto: Divulgação
Senador conversou com eleitores no início da noite deste sábado - FOTO: Foto: Divulgação
Leitura:

A poucas horas do início da votação das eleições deste ano, o senador Armando Monteiro (PTB) usou sua conta no Facebook para, ao vivo, expor planos de governo e esclarecer dúvidas dos seus eleitores. A live teve início por volta das 18h30.

No vídeo, entre outros pontos, Armando defendeu respondeu questionamentos sobre segurança pública, saúde e sobre propostas que têm defendido, como o fim da cobrança do IPVA sobre as motocicletas de até 150 cilindradas que circulam no Estado. Sobre essa última questão, o petebista afirmou que aqueles que criticam o projeto têm "preconceito" contra os motociclistas.

"Tem muita gente que tem preconceito com as motos. Quando se fala em retirar o IPVA ficam logo dizendo 'isso é um absurdo', 'isso vai terminar produzindo mais acidentes'. Puro preconceito. A moto é um instrumento que garante a mobilidade e é uma ferramenta de trabalho. (...) Nós precisamos oferecer condições para aquele cidadão que perdeu a sua moto, poder recuperá-la, parcelando os débitos, retirando as multas e isentando o IPVA", declarou os senador durante a live.

CONFIRA ABAIXO O VÍDEO COMPLETO:

O bate-papo de Armando com seu eleitorado foi o último compromisso de campanha do petebista antes do primeiro turno da eleição. Antes dessa agenda, pela manhã, o senador passou pela feira livre de Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata, e pela Feira do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife.

Neste domingo (7), o dia do parlamentar começa com um café da manhã no salão de eventos do prédio onde mora, na Zona Sul da capital. Às 11h, Armando segue para o seu local de votação, na Escola Estadual Menino Jesus, em Boa Viagem.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias