SECRETARIADO

João Campos pode assumir secretaria em segundo governo Paulo

Além de João Campos, Paulo Câmara deve escolher petista para integrar secretariado

Paulo Veras
Paulo Veras
Publicado em 23/10/2018 às 8:30
Foto: Guga Matos/JC Imagem
Além de João Campos, Paulo Câmara deve escolher petista para integrar secretariado - FOTO: Foto: Guga Matos/JC Imagem
Leitura:

Deputado federal mais votado da história de Pernambuco, João Campos (PSB) pode assumir uma secretaria estadual no segundo governo Paulo Câmara (PSB). O cargo local no Executivo poderia ser uma vitrine para o socialista, cotado para disputar a Prefeitura do Recife em 2020. Ainda não há, porém, definição de qual função ele poderia assumir.

Apenas em dezembro, Paulo Câmara deve concluir as conversas com aliados e montar a composição final do secretariado. Após o segundo turno da corrida presidencial, o socialista deve tirar alguns dias de férias. João Campos foi chefe de gabinete do governador no primeiro mandato.

Paulo Câmara deve chamar ao menos um deputado federal e um deputado estadual para compor o secretariado. Assim, o goverandor abriria vagas para que o ex-secretário de Administração Milton Coelho (PSB) assumisse mandato de federal e que o pré-candidato a prefeito de Garanhuns Sivaldo Albino (PSB) herdasse uma vaga na Alepe.

PT no governo

Outra definição é que o PT deve ocupar um cargo de primeiro escalão no segundo mandato de Paulo Câmara. Ainda não está definido que secretaria seria entregue ao partido, que teve papel central na reeleição do governador.

O PSB pode voltar a comandar as secretarias estaduais de Desenvolvimento Econômico (hoje cota do PP) e de Planejamento (hoje indicação do MDB). Espera-se ainda que Paulo Câmara mexa nos comandos das pastas de Cidades, Turismo e Transportes.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias