Eleições 2020

Bloco Mamas Saudáveis reúne lideranças do PSB e faz homenagem a João Campos

Pré-candidato do PSB a prefeitura do Recife, João Campos assume agenda frenética e deverá participar de 25 agremiações neste Carnaval

Alice Albuquerque e Mirella Araújo
Alice Albuquerque e Mirella Araújo
Publicado em 19/02/2020 às 19:36
Notícia
Felipe Ribeiro / JC Imagem
FOTO: Felipe Ribeiro / JC Imagem
Leitura:

Pelo décimo ano consecutivo, nesta quarta-feira (19), o bloco Mamas Saudáveis, que incentiva a prevenção ao câncer de mama, e recolhe kits de higiene pessoal para doação a mulheres em tratamento do câncer, reuniu lideranças do PSB e de outros partidos nas ruas do Recife Antigo. O deputado federal João Campos (PSB) foi o único homem a figurar na lista de homenagens do bloco. Neste ano, também foram saudadas: a prefeita de Surubim, Ana Célia Farias (PSB); a primeira dama do Recife, Cristina Mello; a franqueada da Casa Cor Pernambuco, Isabela Coutinho; o deputado federal João Campos (PSB); a secretária de cultura do Recife, Leda Alves; a vice-governadora do Estado, Luciana Santos (PCdoB); a vereadora do Recife Natália de Menudo (PSB); a deputada estadual Roberta Arraes (PP); Terezinha Guedes.

Segundo a secretária estadual de Mulheres do PSB, Niedja Guimarães, o critério adotado para a escolha destes nomes se deu em torno das ações em defesa da mulher, dentro e fora do partido. "Ele sempre se preocupou com as políticas voltadas para as mulheres, inclusive com projetos na Câmara que faz a diferença quando chega aqui em Pernambuco. Não precisa ser mulher para trabalhar a favor delas", declarou.  

>> Geraldo Julio diz apostar em João Campos no futuro da Frente Popular

>>Para Paulo Câmara (PSB), João Campos é ''um grande candidato'' à Prefeitura do Recife

Cotado como pré-candidato a sucessão do prefeito Geraldo Julio,  João Campos tem assumido um ritmo frenético com vistas para  Carnaval. Ele esteve presente no Baile Municipal, desse sábado (22), acompanhado da namorada, a deputada federal Tabata Amaral (Sem Partido), onde fez questão de circular entre os foliões. No mesmo fim de semana, ele esteve no bloco Cata Ponche, no bairro da Várzea, e seguiu para o bloco As Genis, na Imbiribeira. O socialista também participou dos blocos Buchudos do Cordeiro e Amigos de Santo Amaro.

"A nossa agenda para o Carnaval conta com mais de 20 localidades.  Nós vamos visitar mais de 25 agremiações carnavalescas, mostrando que o Recife tem um carnaval multicultural e que é feito pelas pessoas dos quatro cantos da cidade. Recife respira Carnaval", afirmou Campos ao JC. 

Sobre o fato de ser o único homem homenageado no Bloco Mamas Saudáveis, o socialista relembra que seu primeiro projeto aprovado na Câmara dos Deputados foi o PL 17/2019, que trata da apreensão de armas de fogo de agressores de mulheres. "É uma alegria poder ver esse bloco que é feito com tanta bravura pelas mulheres socialistas. Nós temos sim uma luta, tive a satisfação de ter um projeto de lei que fez uma alteração para melhorar a Lei Maria da Penha, então com certeza ficamos felizes em receber essa homenagem das mulheres socialistas", declarou. E não era difícil ouvir "meu prefeito" enquanto o parlamentar circulava para falar com as pessoas.

>> Siga o roteiro dos polos infantis no Carnaval 2020 do Recife

>> Cidade Seu Carnaval espera fluxo de 250 mil pessoas no RioMar

>> Saiba quais os dez blocos de Carnaval mais buscados em 2020 no Recife

Felipe Ribeiro / JC Imagem
João Campos foi um dos homenageados no bloco Mamas Saudáveis - Felipe Ribeiro / JC Imagem
Felipe Ribeiro / JC Imagem
Luciana Santos (PCdoB) destaca a importância da prevenção do câncer de mama - Felipe Ribeiro / JC Imagem
Felipe Ribeiro / JC Imagem
Primeira-dama do Recife, Cristina Melo, e a secretária de Cultura do Recife, Leda Alves - Felipe Ribeiro / JC Imagem
Felipe Ribeiro / JC Imagem
Bloco Mama Saudáveis é organizado pelo PSB Mulher há 10 anos - Felipe Ribeiro / JC Imagem
Felipe Ribeiro / JC Imagem
Lideranças do PSB e de outros partidos prestigiaram o bloco Mamas Saudáveis - Felipe Ribeiro / JC Imagem

Mulheres amarelinhas do PSB

A primeira dama do Recife Cristina Mello, fez questão de ressaltar que o bloco "das mulheres amarelinhas do PSB" levanta a bandeira da prevenção com relação à saúde da mulher. "Uma doença tão importante que hoje em dia mata tantas mulheres, a gente está querendo mostrar que, cada vez mais, a campanha tem que se intensificar. Não adianta ser só no outubro roda, tem que ser o ano inteiro", afirmou.

Questiona sobre o último ano como primeira dama do Recife, Cristina disse que a meta é vencer 2020 com as políticas públicas de enfrentamento à violência e a desigualdade social. "Hoje, é uma mistura de emoções, tendo o coração tranquilo de ter cumprido realmente essa missão. Esperamos terminar o ano oferecendo para o recifense os melhores serviços públicos que eles possam ter".

A secretária de Cultura do Recife Leda Alves, defendeu a importância de divulgar o perigo e as providências que a mulher deve tomar para evitar o câncer de mama. "A Prefeitura tem vários canais de comunicação. O carnaval é o momento que a gente reúne a maior quantidade de pessoas e no meio delas, muitas mulheres. A gente tem que informar o perigo que corre a mulher pobre e a mulher rica". A secretária falou, ainda, que a homenagem significa que ela está tendo seu trabalho reconhecido. "O que eu venho exercendo ao longo da minha vida e agora, durante os oito anos do governo Geraldo Julio".

Segundo a vice-governadora Luciana Santos (PCdoB), o câncer de mama é "completamente evitável" e deve haver uma intensificação nas informações de prevenção. "A ponde de as mulheres recorrerem aos serviços que estão à disposição dos postos de saúde. A atenção básica que é essa informação e tem que chegar na porta das casas, nos bairros, é fundamental. Por isso, acho importante momentos como esse".

A vereadora Natália de Menudo (PSB) disse que vai todos os anos para o bloco e não pôde ir ano passado porque estava grávida, "mas acompanhei a luta das mulheres para fazer com que esse bloco aumentasse". "Esse ano a bebê veio junto também, incentivando a mamografia desde pequena. No início do bloco, eram só 20, 30 pessoas. Hoje, a gente está vendo essa festa maravilhosa composta por mulheres de garra e que querem mostrar para as pessoas, assim como eu, a importância da mamografia, que é algo tão simples da gente fazer".

 

Últimas notícias