Bem-estar

Pra relaxar e concentrar

Popular entre os adultos, a ioga também traz benefícios à garotada. Incorporando contação de histórias e atividades lúdicas, ela ajuda a trabalhar a concentração, força e o alongamento corporal

Amanda Souza
Amanda Souza
Publicado em 01/02/2014 às 13:04
Foto: Dani Neves/JC Imagem
Popular entre os adultos, a ioga também traz benefícios à garotada. Incorporando contação de histórias e atividades lúdicas, ela ajuda a trabalhar a concentração, força e o alongamento corporal - FOTO: Foto: Dani Neves/JC Imagem
Leitura:

O excesso de informações, a rotina com muitas atividades e situações presenciadas e vividas na escola e no ambiente de casa fazem com que o estresse entre na vida dos pequenos cada vez mais cedo. Por isso, a falta de concentração e atenção afeta muitas crianças. São problemas que os adultos já convivem há algum tempo. E que muitos deles combatem praticando ioga. Nada melhor, portanto, para a garotada, que recorrer aos ensinamentos da filosofia também.

Assim como acontece com os adultos, a ioga ajuda os guris a encontrar o equilíbrio dos músculos e da mente, desenvolvendo habilidades de respiração e relaxamento. Através de histórias e atividades lúdicas, os pequenos trabalham a concentração, coordenação motora, força e alongamento corporal nas aulas.

"As crianças precisam de uma maior ludicidade para se prender à aula, por isso, utilizo a contação de histórias e brincadeiras, como desenhar, pintar, recortar... Alguns elementos de dança também ajudam a fazer com que elas se envolvam", explica a bailarina e professora de ioga para crianças, Sílvia Góes.

Durante as aulas, os iogues mirins aprendem os asanas, que são as posturas que estimulam o fluxo de energia vital e o equilíbrio entre corpo e mente. Na ioga para crianças, os asanas são ligados a animais e outros elementos da natureza. A postura do gato, apoiando-se nas quatro patas e curvando as costas para cima e para baixo, dá a meninos e meninas maior flexibilidade, além de evitar dores nas costas.

Ao imitar o movimento de uma folha dobrada, sentada no chão com as pernas esticadas e braços erguidos ao lado da cabeça, arqueando o corpo para frente em linha reta, a criança trabalha a respiração e se sente mais relaxada. Deitada de bruços, com os braços dobrados e as mãos apoiadas no solo, o movimento da cobra dando o bote desperta na criança uma sensação de autoconfiança e determinação.

Segundo Silvia, o objetivo é fazer com que a garotada leve o aprendizado para o dia a dia. “É importante que haja a interação e o entendimento da alma com o corpo, para possibilitar à criança o contato com a sua verdadeira essência. É um momento de autoconhecimento e de reflexão.”

Mas os benefícios não param por aí. Além de trabalhar aspectos físicos e emocionais, a ioga fortalece o sistema imunológico, fazendo com que a criança fique mais resistente a doenças mentais e físicas. A prática indiana estimula os pequenos a melhorar o relacionamento com os familiares, professores e colegas.

A professora Solange Leite, 36 anos, inscreveu Maria Augusta, 7, nas aulas ao notar o comportamento agitado e ansioso da filha. A sugestão veio da avó da menina, Josana Leite, que já praticava. O resultado foi satisfatório: “O rendimento escolar de Maria melhorou bastante, pois ela tem mais facilidade de concentração agora. Ela está mais paciente para lidar com algumas situações. Se algo a estressa, ela canta os mantras que aprendeu nas aulas para se acalmar”, conta Solange.

Maria, que faz ioga há mais de dois anos, não falta a nenhum dia e adora as lendas hindus contadas por Sílvia. “Gosto muito quando a professora conta as histórias.” Nos fins de semana, a menina também se exercita em casa, assistindo ao programa Hora da yoga, do canal fechado Gloob.

Serviço:
Sádhana Núcleo Cultural de Yoga – Rua das Graças, 178, Graças. Fone: 3077-3707

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias