MERCADO

CET/PE quer maior interação com trade

Câmara Empresarial de Turismo de Pernambuco engata plano de ação para unir entidades do setor com o Sistema S, que é formado por instituições como Sebrae, Senac e Sesi

Cinthya Leite
Cinthya Leite
Publicado em 05/07/2012 às 12:14
Leitura:

Criada em 2011 com o intuito de ampliar a representatividade empresarial do setor de turismo e hospitalidade no âmbito da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Pernambuco (Fecomércio/PE), a Câmara Empresarial de Turismo do Estado de Pernambuco (CET/PE) começa a engatar trabalhos para promover uma interação maior com o trade turístico local.

Entre as ações, está um projeto de união das entidades do setor com o Sistema S – formado por organizações e instituições ligadas ao setor produtivo, como o Serviço Nacional de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e o Serviço Social da Indústria (Sesi). Trata-se de um plano de ação que começa a ser colocado em prática através de parceria entre a Associação das Secretarias de Turismo de Pernambuco (Astur/PE) e o Senac.

Primeiramente, a ideia é colocar em prática o Programa Senac Gratuidade (PSG), focado em qualificação profissional gratuita para quem atua no setor. “O PSG é só uma das ações que estão sendo realizadas pela CET/PE. Conseguimos um feito de reunir 28 secretários municipais de turismo para formatar, em cada cidade, um calendário de cursos profissionalizantes”, diz o coordenador da Câmara Empresarial de Turismo da Fecomércio/PE, José Otávio de Meira Lins. Ele complementa que, até 2014, a aliança pretende qualificar os profissionais que atuam no setor, a fim de atender as demandas da Copa do Mundo.

Atualmente, a CET/PE está composta por membros de diversos órgãos e instituições, como o Recife Convention & Visitors Bureau, a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Pernambuco (ABIH/PE), a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes/Seccional Pernambuco (Abrasel/PE) e a Associação Brasileira de Agências de Viagens de Pernambuco (Abav/PE). O grupo tem promovido reuniões mensais com a intenção de discutir soluções para superar os desafios do setor.

Ainda com o objetivo de realizar estudos de temas que afetem direta ou indiretamente o segmento do turismo, o plano de mobilização que está sendo estruturado pela CET/PE já tem engatilhadas ações também com o Sebrae.

“Estamos no processo de promover pesquisas capazes de revelar as lacunas que dificultam uma melhor prestação de serviço dos pequenos e médios empresários”, avisa José Otávio. A fase agora é de reunir informações que possam ser transformadas em ações que visem o aperfeiçoamento dos serviços prestados pela cadeia do turismo.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias