EVENTO

No Rio, turistas contam com ações especiais para a Copa das Confederações

Riotur preparou hotsite, aplicativo para smartphones, sinalização e folheteria específicas

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 14/06/2013 às 17:51
Alexandre Macieira/Riotur
Riotur preparou hotsite, aplicativo para smartphones, sinalização e folheteria específicas - FOTO: Alexandre Macieira/Riotur
Leitura:

Os turistas que visitarem o Rio durante a Copa das Confederações 2013 encontrarão o que procuram com mais facilidade. A Prefeitura do Rio, através da Secretaria Municipal de Turismo/Riotur, montou postos de informações temporários em locais estratégicos e preparou uma série de informativos impressos e virtuais.

O material está em português e inglês. Pode ser encontrado nos postos de informação e em pontos de interesse turístico, como hotéis, albergues, museus, centro culturais e até em bares e restaurantes. Ao todo, são 100 mil exemplares da Revista Guia do Rio, com a programação cultural da cidade, e mais 100 mil do Guia de Bolso, com dicas sobre transporte e hospedagem. Também serão distribuídos 100 mil exemplares do Guia do Espectador, que cada cidade sede prepara a pedido da Fifa.

No mundo virtual, o turista pode contar com a ajuda do hotsite www.rioguiaoficial.com.br/ccf2013 e também fazer o download gratuito do app Copa das Confederações Rio, disponível para smartphones de sistema operacional iOS e Android, em inglês e português, a partir de hoje (14/6).

“A experiência adquirida nesses eventos auxiliará a preparação de uma estratégia bem-sucedida de atendimento ao turista. Durante a Rio+20, por exemplo, utilizamos contêineres como postos de informação móveis. Um mês depois, o mesmo formato foi adotado em Londres durante as Olimpíadas”, conclui o secretário municipal de Turismo, Antonio Pedro Figueira de Mello.

Especificamente para a Copa das Confederações, serão montados postos temporários nos principais atrativos turísticos da cidade (Praia de Ipanema, Pão-de-Açúcar, Corcovado, Lapa, Praça XV) e contará com reforços nos já existentes: Copacabana (altura da Rua Hilário de Gouveia), Centro de Atendimento ao Turista (Av. Princesa Isabel) e Aeroporto Santos Dumont, Centro, Gávea, Zona Portuária, Aterro do Flamengo, Rodoviária Novo Rio e Aeroporto Internacional do Galeão. Além disso, a Riotur passa a ter um posto fixo no Aeroporto Santos Dumont.

Serão 100 agentes de informações bilíngues (inglês/português) nos postos de atendimento fixos e outros 50 agentes de informações espalhados pela cidade que poderão ser alocados de acordo com a demanda verificada. Nas ruas e nas estações de metrô (São Francisco Xavier, São Cristóvão, Maracanã, Central , Cinelândia, Carioca, Cantagalo, Siqueira Campos, Cardeal Arco verde, Botafogo, Largo do Machado, Estácio e Del Castilho) e de trem, cariocas e turistas vão encontrar placas com orientações com a localização e a melhor forma de se locomover até o local de interesse.

Placas e galhardetes sinalizarão o último quilômetro de todas as vias que dão acesso ao Maracanã, que também receberá três portais. Os dois aeroportos da cidade, as 13 estações de metrô que terão maior aporte de público e a Rodoviária Novo Rio receberão sinalização com indicação da rota do Maracanã.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias