concorrência

Facebook lança campanha contra Google

Tema do material é respeito à vida privada

Emídia Felipe
Emídia Felipe
Publicado em 12/05/2011 às 17:01
Leitura:

O Facebook reconheceu nesta quinta-feira (12) ter lançado uma campanha de comunicação contra o Google sobre o tema do respeito à vida privada, em um novo confronto entre os dois gigantes da internet.

O número um do mundo das redes sociais admitiu ter contratado uma das mais importantes agências de relações públicas, Burson-Marsteller, com o objetivo de chamar atenção dos jornalistas sobre as práticas do Google no âmbito do respeito à vida privada.

"Nenhuma campanha de calúnia foi autorizada, nem desejada", assegurou um porta-voz do Facebook. "No lugar disso, queremos que terceiros (blogueiros e jornalistas) verifiquem que o Google, sem receber autorização dos internautas, recoleta e utiliza informações contidas nas contas do Facebook", acrescentou.

Pouco antes, o site de informações The Daily Beast havia publicado uma troca de mensagens entre um blogueiro e um funcionário da Burson-Marsteller, que o aconselhou a investigar o Google, mas sem dizer que trabalhava para o Facebook.

"Os americanos devem agora estar informados sobre todas as intrusões em sua vida pessoal cometidas pelo Google, que cataloga (as informações recuperadas) e as divulga permanentemente sem sua permissão", afirmava este funcionário da empresa de  relações públicas. A Burson-Marsteller confirmou, por sua vez, ter sido contratada pelo Facebook.

Este tema é uma nova prova do confronto entre o Google, líder da internet, e o Facebook, que a cada dia questiona sua supremacia com 600 milhões de visitantes por mês, tendo recrutado também 10% dos empregados do Google.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias