Mercado

Microsoft precisa começar de novo, diz Steve Ballmer

CEO da gigante dos computadores confessa que é preciso lutar contra modelos velhos e desinteressantes Roma

Luiza Modesto
Luiza Modesto
Publicado em 06/11/2013 às 15:15
Foto: AFP
CEO da gigante dos computadores confessa que é preciso lutar contra modelos velhos e desinteressantes Roma - Foto: AFP
Leitura:

O diretor-executivo Steve Ballmer disse nesta terça-feira (5) que a gigante dos computadores teve que se reiventar para evitar ser "velha e desinteressante", com a empresa se esforçando para se manter no setor de aparelhos móveis.

"Estamos em um ponto em que temos que começar (start-up) de novo", disse Ballmer em uma coletiva em Roma onde anunciou que a Itália se tornou o primeiro país em que telefones da Microsoft estão superando os iPhones.

"A menos que você esteja constantemente inventando algo novo, você é velho e desinteressante. Hoje, temos que nos refazer", disse Ballmer. Em relação ao sucesso da Microsoft contra a rival iPhone da Apple na Itália, ele brincou: "Eu não sei quanto tempo isso vai durar".

Ballmer foi amigo e colega de classe de Bill Gates na Universidade de Harvard na década de 70.
Ele substituiu Gates em 2000, mas no começo deste ano anunciou que irá renunciar em agosto de 2014.

Quando Ballmer assumiu, a Microsoft era a líder indiscutível do setor tecnológico e a maior do mundo em termos de valor de mercado, mas nos últimos anos tem enfrentado dificuldades, com os consumidores trocando os desktops e laptops por outros tipos de aparelhos móveis.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias