ENGENHARIA

Estudantes da UFPE e UPE desenvolvem veículos para competição

Carrinhos off-road participam da 18ª Baja Sae Brasil-Petrobras, a partir de quinta-feira

Silvio Menezes
Silvio Menezes
Publicado em 19/03/2012 às 18:17
Divulgação
Carrinhos off-road participam da 18ª Baja Sae Brasil-Petrobras, a partir de quinta-feira - FOTO: Divulgação
Leitura:

Na próxima quinta-feira, no Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo (ECPA), em São Paulo, 73 equipes incluindo duas da UFPE e UPE iniciam a disputa da 18ª Baja Sae Brasil-Petrobras. Até o próximo domingo, o objetivo dos pernambucanos será colocar os carrinhos off-road construídos por eles pela primeira vez no topo do pódio ou pelo menos entre os três que se classificam para o Mundial, que será disputado no estado de Wysconsin, nos Estados Unidos.

No ano passado, a Equipe Mangue Baja, da UFPE, pela primeira vez chegou ao terceiro lugar e se classificou para o Mundial, quando tiveram a experiência de competir nos Estados Unidos, enfrentando 198 outros veículos, todos preparados por estudantes de acordo com as regras do torneio. Integrante mais experiente da Mangue Baja, Luiz Cláudio Oliveira Júnior acredita que o time tem condições “não só de nos classificarmos para o Mundial, queremos ganhar a competição pela primeira vez”.

As duas universidades pernambucanas seguiram para São Paulo com dois carros cada. A Federal conta com o Leão do Norte, que é uma nova versão do veículo que conseguiu a classificação para o Mundial de 2011, e o Luiz Gonzaga. “Veículo que tem uma suspensão traseira bastante arrojada e em que estamos depositando muitas esperanças”, diz o professor Laurênio, sobre o carro estreante.

Estudante de Engenharia Mecatrônica da UPE, Henrique Cordeiro, é capitão da Equipe Corisco e vai pilotar o carro apelidado de Cavalo Doido. A universidade estadual conta ainda com o Vingador. Ele conta que “nosso objetivo principal é ficar entre os 10, porque serão 73 times de todo o Brasil, mas quem sabe não conseguimos ficar entre os três e garantir uma vaga no Mundial”.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias