saúde pública

Propaganda sobre combate ao Aedes aegypti

Precisamos chegar a recordes absurdos para ter ação da Prefeitura

Wlademir Lacerda
Wlademir Lacerda
Publicado em 15/02/2016 às 19:36
Leitura:

Achei uma falta de respeito da Prefeitura com as centenas de mães e crianças vítimas de microcefalia – em virtude da epidemia do zika vírus – a propaganda nos intervalos dos shows nos diversos polos de Carnaval: uma voz feminina regozijava que, vejam bem, “A Prefeitura do Recife se antecipa no combate do mosquito Aedes aegypti, com ações...”. Como pode a cidade campeã mundial de casos afirmar que se antecipou no combate do mosquito? Precisamos chegar a recordes absurdos para ter alguma ação da prefeitura. E, nem governo estadual, nem federal se tocaram ainda e, fora falácias, não liberaram um tostão para o Estado.


O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias