Um giro pelo noticiário nacional:

Giovanni Sandes
Giovanni Sandes
Publicado em 04/08/2011 às 16:30
Leitura:
- A presidente Dilma Rousseff troca algumas poucas palavras por telefone com o (ainda) ministro da Defesa, Nelson Jobim, e o comunica que diante da língua solta do peemedebista sua única saída é a demissão do governo.- O presidente do Senado, José Sarney, sai em defesa de Jobim, minimiza críticas do colega de partido e ainda solta gracinhas em resposta aos comentários de Nelson Jobim sobre as colegas de governo, as ministras Ideli Salvatti(Relações Institucionais) e Gleisi Hoffmann (Casa Civil). "A expressão fraquinha não combina com a ministra (Ideli) porque ela é até gordinha".- Na Colombia, o ex-presidente Lula diz que Jobim é um incompreendido e que não se constrange com o fato de as denúncias que atingem o governo da presidente Dilma recaírem sobre pessoas deixadas pelo seu governo.-Diário Oficial da União traz a nomeação de três novos diretores do Dnit em "caráterexcepcional e transitório"

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias