Entre o real e a propaganda

Giovanni Sandes
Giovanni Sandes
Publicado em 03/01/2013 às 10:00
Leitura:
Para cumprir as metas do programa de governo, Geraldo Julio dependerá do engajamento dos integrantes da equipe, parte deles empossada ontem. O novo prefeito não perde oportunidade para demonstrar publicamente que está focado na gestão, mas sabe que os resultados só irão aparecer se conseguir contagiar os auxiliares. Até porque ninguém realiza um projeto dessa dimensão sozinho. Por isso, o discurso de ontem, o terceiro em menos de 24 horas após a posse na PCR, foi para animar os secretários.Apesar das costuras políticas realizadas para contemplar parte dos aliados, Geraldo afirmou que os nomes escolhidos não foram puxados do bolso de sua camisa ou selecionados por amizade. E voltou a insistir na tecla de que a formação de seu time conta com representantes de diversas áreas da sociedade. O prefeito voltou-se ainda para os funcionários da PCR quando disse que era concursado do TCE e valorizava o serviço público. Quis mexer com a autoestima deles.Geraldo Julio quer criar um ambiente de integração não só entre os auxiliares mais próximos, mas também com os servidores de carreira. Hoje, levará a equipe para a primeira atividade pública da gestão: uma visita ao terreno onde pretende construir o hospital da mulher, uma das promessas de campanha.Após a campanha e o período de transição, será o primeiro contato do prefeito e de sua equipe com o Recife real. Que essas saídas para a rua sejam para aproximá-los da população e não façam parte apenas de estratégias de marketing e propaganda.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias