Pré-candidatos, Jorge Federal pede intervenção em Olinda e Lupércio chama secretários de "parasitas"

Giovanni Sandes
Giovanni Sandes
Publicado em 02/06/2016 às 7:35
Vereador Jorge Federal (PR). Foto: Clemilson Campos/ JC Imagem
Vereador Jorge Federal (PR). Foto: Clemilson Campos/ JC Imagem
Leitura:
[caption id="attachment_15839" align="aligncenter" width="748"]"Vereador Vereador Jorge Federal (PR). Foto: Clemilson Campos/ JC Imagem[/caption]

Os ataques pelas redes sociais do pré-candidato Antônio Campos (PSB), em Olinda, à gestão Renildo Calheiros (PCdoB) provocaram uma subida coletiva da temperatura política na cidade. O vereador Jorge Federal (PR), líder da oposição e pré-candidato à prefeitura de Olinda, protocolou documentos nas cúpulas do Ministério Público de Pernambuco, governo estadual e Tribunal de Justiça de Pernambuco, com objetivo de motivar uma intervenção do governo estadual no município. Professor Lupércio, deputado estadual e pré-candidato pelo Solidariedade, na Assembleia Legislativa chamou os secretários municipais de "parasitas".

Em Olinda, Antônio Campos já tem nome em adesivo de carros e lança até aplicativo de celular

Governo Paulo Câmara vai construir boulevard prometido por Geraldo

Olinda foi a cidade mais atingida pelas chuvas de segunda-feira (30). Enquanto no Recife o prefeito Geraldo Julio, do PSB, afirmou que cidade nenhuma aguentaria 220 mm de chuvas - o equivalente a 20 dias - em algumas horas, em Olinda Antônio Campos, que é do mesmo PSB do falecido irmão Eduardo Campos, usou o aguaceiro para criticar duramente a gestão.

Com o acirramento, ainda na terça (31), à noite, Jorge Federal, ferrenho opositor de Renildo, protocolou pedidos de intervenção estadual, a priori, em obras municipais de revestimento do Canal do Fragoso, que deveriam estar em execução desde 2010, mas pararam. Ao lado da construção de duas lagoas de retenção, para o canal não transbordar quando, boa parte do estrago da segunda poderia ter sido evitado, comenta Federal. "É uma situação muito séria. Pessoas perderam a vida", afirma.

Em resposta a ministro da Educação, Zé de Abreu diz: "não falo com golpista" e "não o reconheço como ministro

Ministro diz que Minha Casa tem 50 mil moradias prontas e não entregues por motivo político

A intervenção nas obras, explica Federal, objetiva motivar uma intervenção direta na gestão de Olinda e não apenas nas construções. "Se ficar comprovada malversação de recursos públicos, é lei de improbidade, não tem jeito", diz.

Nesta quarta (1º), Professor Lupércio fez um discurso duro na Assembleia. Para ele, faltou prevenção pela prefeitura: "Fui vereador da cidade por dois mandatos. Tive o cuidado de conversar com o prefeito Renildo Calheiros para afirmar que ele tinha de oxigenar algumas secretarias. Muitos secretários caíram no marasmo há muito tempo e já estão como parasitas. Eles deveriam pegar as malas e se mudar da cidade. Só estão engessando o governo".

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias