Lula no vácuo de lideranças da região Nordeste

Publicado em 14/07/2016 às 7:00
Visita de Lula a Caruaru. Ricardo Stuckert/Instituto Lula
FOTO: Visita de Lula a Caruaru. Ricardo Stuckert/Instituto Lula
Leitura:
Visita de Lula a Caruaru. Ricardo Stuckert/Instituto Lula Visita de Lula a Caruaru. Ricardo Stuckert/Instituto Lula   Certamente o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é alguém muito menos popular do que já foi no passado. Basta ver a rejeição a ele nas ruas, redes sociais ou conversas por aí. Mas Lula, a despeito de tudo, tem algo valioso: base política. É a militância que ainda o segue, especialmente aqui no Nordeste, reduto histórico do PT. E, cá para nós, após o falecimento do ex-governador Eduardo Campos (PSB), a região perdeu a sua novidade. Mesmo desgastado, Lula brilha mais no Nordeste. Mesmo se pensarmos que São Paulo está entre o governo estadual de Geraldo Alckmin (PSDB) e a prefeitura da capital, de Fernando Haddad (PT), ali é um reduto tucano histórico. E Minas Gerais, sob a gestão Fernando Pimentel (PT), enfrenta um tranco político daqueles. No Nordeste só há o vácuo. Pernambuco sequer teve tempo de amadurecer uma nova liderança pós-Eduardo. Interlocutores do governador Paulo Câmara enfrentam o que chamam de “lenda urbana”, de que ele não quer reeleição. O senador Armando Monteiro (PTB), natural líder da oposição, ficou afastado enquanto ministro do governo Dilma Rousseff (PT). E só agora retoma a andança. Lula não é mais o mesmo. A novidade é o vácuo regional. José Queiroz (PDT, em pé), Lula ao centro e Jorge Gomes (PSB, à direita). Foto: Dom Menezes/TV Jornal José Queiroz (PDT, em pé), Lula ao centro e Jorge Gomes (PSB, à direita). Foto: Dom Menezes/TV Jornal   Uma mostra da força de Lula, no vácuo político, é Caruaru, onde o prefeito da cidade, José Queiroz (PDT, em pé na foto), e o vice e candidato à sucessão, Jorge Gomes (PSB, de cinza), foram dar apoio ao petista. Enquanto isso, no Recife o embate promete ser entre PT e PSB – que na Câmara votou pelo impeachment.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias