TRE define nesta sexta (19) ordem em que os candidatos do Recife vão aparecer no guia eleitoral

Publicado em 18/08/2016 às 19:23
Urna Eletrônica. Foto: José Cruz/ Agência Brasil
FOTO: Urna Eletrônica. Foto: José Cruz/ Agência Brasil
Leitura:
Urna Eletrônica. Foto: José Cruz/ Agência Brasil Urna Eletrônica. Foto: José Cruz/ Agência Brasil   O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE) vai sortear nesta sexta (19) a ordem em que os candidatos a prefeito do Recife vão aparecer no programa eleitoral gratuito - conhecido por nós, pernambucanos, como guia eleitoral. Nas eleições 2016, o programa será muito menor que antes, terá 10 minutos no total. Os maiores tempos de guia serão do prefeito Geraldo Julio (PSB), cerca de 4 minutos, e do ex-prefeito João Paulo (PT), que deve ter por volta de 2 minutos e 20 segundos de duração.
No Recife, candidatos investem em atos que não desperdicem dinheiro antes do guia eleitoral Justiça Eleitoral da Bahia alerta: "é proibido caputar polémons no local de votação"
Dos 10 minutos do guia, apenas 1 minuto será distribuído igualitariamente entre todos os candidatos. Os outros 9 minutos serão distribuídos para cada candidato de acordo com as seis maiores bancadas federais de sua coligação. Ou seja, no caso de Geraldo Julio, mesmo ele tendo 20 partidos na Frente Popular, para esse cálculo apenas seis legendas são levadas em consideração - o PMDB, PSB, PP, PR, PSD e PDT.
Até agora, é Daniel Coelho por ele mesmo nas eleições 2016. Sem tucanos de peso PT do Recife quer abordar impeachment nas eleições 2016. Mas vai aliviar o tom
No caso de João Paulo, a coligação contabiliza todos os partidos da aliança Recife Pela Democracia: PT, PRB, PTB, PTN e PTdoB. O terceiro maior tempo é o do tucano Daniel Coelho, com aproximadamente 1 minuto e 10 segundos de TV, tendo em vista que a coligação tem apenas PSDB e PSL.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias