Governo Paulo Câmara muda comando da segurança pública: cai Alessandro Carvalho, titular da SDS

Publicado em 06/10/2016 às 12:24
Secretário de Defesa Social, Alessandro Carvalho. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
FOTO: Secretário de Defesa Social, Alessandro Carvalho. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Leitura:
Secretário de Defesa Social, Alessandro Carvalho. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem Secretário de Defesa Social, Alessandro Carvalho. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem Atualizada às 13h O governo Paulo Câmara (PSB) anunciou, no início da tarde desta quinta-feira, a queda de Alessandro Carvalho, titular de uma das pastas mais problemáticas do Estado, a Defesa Social. No lugar de Alessandro assume o comando da segurança pública o delegado da Polícia Federal Ângelo Fernandes Gioia. O novo secretário terá a primeira reunião de trabalho nesta sexta-feira pela manhã, quando será apresentado aos integrantes do Programa Pacto Pela Vida. Ele se aposentou da PF em abril de 2016. Depois de anos de queda na violência, o Pacto Pela Vida, principal programa de segurança pública do PSB, enfrenta dificuldades para reverter os números de homicídios e virou inclusive tema das eleições 2016. A falta de reação na área, além da dificuldade de relacionamento com a corporação, é apontada como principal motivo para a queda de Alessandro.  
Na crise da segurança, quem fala pelo Pacto Pela Vida? Temer lança campanha sobre "herança maldita" do PT: "vamos tirar o Brasil do vermelho e voltar a crescer" Violência cresce e segurança pública pode pautar campanha para prefeito do Recife
  Paulo Câmara anunciaria a troca somente após o período eleitoral, junto a outras mudanças no seu primeiro escalão. Porém resolveu antecipar apenas a troca de Alessandro. Veja na íntegra a nota do governo do Estado sobre a queda de Alessandro Carvalho, assinada pelo governador Paulo Câmara: “Quero publicamente agradecer o trabalho e as contribuições que Alessandro deu à área de segurança, como um profissional dedicado e de elevado espírito público. Um grande amigo. E agora também tenho certeza que Angelo, por sua experiência e capacidade, vai se integrar com eficiência ao trabalho do Pacto Pela Vida”, afirmou o governador de Pernambuco. Há meses Alessandro Carvalho era alvo de fritura nos bastidores da política estadual pela falta de interlocução tanto com a Polícia Civil quanto a Polícia Militar, o que ficou evidente em seguidos episódios. Além da aparente perda de voz sobre a área, um dos maiores sinais de que Alessandro estava rifado foi a falta de qualquer menção a seu nome em meio à repercussão de uma entrevista concedida ao Jornal do Commercio por um dos mentores do Pacto Pela Vida, José Luiz Ratton - que em 2016 foi o formulador das propostas de segurança no plano de governo do candidato do PSOL no Recife, Edilson Silva (PSOL). Ao rebater Ratton, o secretário de Segurança Urbana do Recife, Murilo Cavalcanti, não citou uma vez sequer Alessandro Carvalho, tampouco houve defesa ou menção ao secretário estadual por colegas do governo Paulo Câmara. Veja um breve currículo do novo secretário, Angelo Fernandes Gioia - Natural do Rio de Janeiro, nascido em 18/10/1964. - Delegado da Polícia Federal entre 1996 e 2016 - Bacharel em Direito pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (turma de 1991) Experiência profissional - 1º. Sargento Especialista em Infantaria de Guarda da Força Aérea Brasileira (1981-1996) Chefias na Polícia Federal - Chefe da Delegacia de Prevenção e Repressão a CrimesFazendários, Cuiabá, Mato Grosso (1997-1999); - Chefe Substituto do Núcleo de Disciplina da Corregedoria Regional de Polícia, Rio de Janeiro (1999-2002); - instrutor da Academia Nacional de Polícia Federal, Brasília (2001-2002); - Chefe do Setor de Operações da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado e de Inquéritos Especiais, Rio de Janeiro (2002-2003); - Chefe da Delegacia Especial no Aeroporto Internacional Tom Jobim, Rio de Janeiro (2003); - Chefe da Delegacia de Controle de Segurança Privada, Rio de Janeiro (2004-2006); - Delegado Regional Executivo da Superintendência Regional do Distrito Federal (2006-2007); - Superintendente Regional do Departamento de Polícia Federal no Estado de Pernambuco (2007-2008); - Superintendente Regional do Departamento de Polícia Federal no Estado do Rio de Janeiro (2008-2011); - Adido da Polícia Federal na Itália (2011-2013).

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias