Vem pra Rua tem ofensiva contra o PT na Internet e deixa de fazer jus ao nome no que diz respeito ao governo Temer

Maria Luiza Borges
Maria Luiza Borges
Publicado em 25/05/2017 às 17:27
Vem pra Rua. Foto: Reprodução/Internet
Vem pra Rua. Foto: Reprodução/Internet - Vem pra Rua. Foto: Reprodução/Internet
Leitura:
[caption id="attachment_16998" align="alignnone" width="748"]"" Vem pra Rua. Foto: Reprodução/Internet[/caption]O movimento Vem pra Rua ganhou notoriedade no ano passado com manifestações contra o PT e a favor do impeachment da então presidente Dilma Rousseff (PT).De forma periódica, os ativistas do grupo se reuniram e organizaram protestos pedindo a saída de Dilma do Palácio do Planalto e fazendo pressão para que os deputados e senadores votassem pelo impeachment da petista.Dilma saiu, Michel Temer (PMDB) chegou à presidência da República e agora o País está mergulhado em uma nova crise que tem justamente o peemedebista no centro dos escândalos.Estava tudo certo para uma manifestação do Vem pra Rua no último dia 21, após as denúncias envolvendo o peemedebista pipocarem, mas grupo refugou sob a justificativa de que tomava a iniciativa "por questões de segurança".Sem fazer jus ao nome, o Vem pra Rua se dedica a frentes de combate na internet. Em sua página no Facebook, o grupo fez uma nova ofensiva contra o PT e os movimentos sociais que protestaram em Brasília na última quarta-feira. Também há críticas contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG).Mas o que falta mesmo é o grupo ser mais contundente com o governo Temer como foi com o governo Dilma no passado. Do contrário, pode mudar o nome e trocar o fundo amarelo de sua imagem por uma chapa branca.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias