Coluna Cena Política

Reunião dos governadores após pronunciamento de Bolsonaro foi ideia de Paulo Câmara

Governador pernambucano fez a proposta em grupo de gestores no WhatsApp, logo após fala do Presidente da República.

Igor Maciel
Igor Maciel
Publicado em 25/03/2020 às 16:34
Análise
JC Imagem
Ideia foi do governador de Pernambuco - FOTO: JC Imagem
Leitura:

O presidente mal tinha acabado sua fala, em pronunciamento oficial, na terça-feira (24) e os 27 governadores brasileiros já estavam discutindo o que fazer depois.

O clima, no grupo de WhatsApp pelo qual os gestores costumam trocar ideias e discutir diversos assuntos, era de estupefação.

Alguns teriam classificado como "irresponsabilidade", outros diziam que não sabiam o que dizer, porque estavam até algumas horas atrás conversando com um presidente, em reunião, que estava disposto a trabalhar para conter o coronavírus.

O próprio Paulo Câmara foi quem sugeriu que, hoje, os 27 gestores se reunissem para decidir os próximos passos e, principalmente, o posicionamento de todos, já que, claramente, Bolsonaro estaria tentando jogar o ônus de toda a crise para eles.

João Doria foi quem assumiu a missão de marcar com todos e assim o fez, organizando a logística.

.

LEIA MAIS TEXTOS DA COLUNA CENA POLÍTICA

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias