Eleições 2020

Anúncio de Túlio Gadêlha é tratado como "desrespeito" por aliados do PSB

Integrantes de outros partidos dizem que abriram mão da vice aceitando que era importante ter o PDT na aliança, mas ficaram surpresos com indicação

Igor Maciel
Igor Maciel
Publicado em 11/09/2020 às 16:15
Análise
Foto: MIRELLA ARAÚJO/JC
Diretório municipal do PDT no Recife anuncia apoio à candidatura de João Campos (PSB) - FOTO: Foto: MIRELLA ARAÚJO/JC
Leitura:

Integrantes de outros partidos que já haviam anunciado apoio a candidatura de João Campos (PSB) se disseram surpresos com a atitude do deputado federal Túlio Gadêlha (PDT), que anunciou apoio aos socialistas em entrevista na qual criticou o PSB e indicou um vice que também é crítico das gestões municipal e estadual em em Recife e Pernambuco.

"O MDB desistiu de pleitear a vaga de vice porque entendeu que era importante ter o PDT no palanque, importante para o projeto coletivo. A indicação feita pelo deputado Túlio Gadêlha é desrespeitosa com a história do MDB e do senador Jarbas Vasconcelos (MDB)", disse Murilo Cavalcanti (MDB), que é secretário municipal de Segurança Urbana.

Integrantes do PP também comentaram a indicação. O partido negociou a vice até a noite anterior ao anúncio e foi convencido de que o espaço ficaria mesmo com o PDT. A indicação, por Túlio, de um crítico do PSB reacendeu a discussão no partido.

Uma das postagens do vice indicado por Túlio, Rodrigo Patriota (PDT),  dá a dimensão do motivo da polêmica:

REPRODUÇÃO/TWITTER
Postagem no Twitter de Rodrigo Patriota - REPRODUÇÃO/TWITTER


Tendência é que o PSB não aceite a indicação de Túlio. Os socialistas aguardam por uma definição do presidente nacional.

REPRODUÇÃO/TWITTER
Postagem do Twitter de Rodrigo Patriota - FOTO:REPRODUÇÃO/TWITTER

Comentários

Últimas notícias