Cena Política

Em sinal claro de candidatura, Lula manda PT negociar apoio nos estados. Prioridade é presidência

Sugestão foi tomada como ordem pelos petistas. PT vai apoiar possíveis aliados nos estados em troca de apoio nacional para Lula.

Igor Maciel
Cadastrado por
Igor Maciel
Publicado em 09/04/2021 às 18:00
JOSÉ CRUZ/AGÊNCIA BRASIL
PEGOU MAL Propostas antecipadas pelo PT para um futuro governo Lula foram mal recebidas pelo mercado - FOTO: JOSÉ CRUZ/AGÊNCIA BRASIL
Leitura:

O recado foi dado esta semana e os petistas nos diretórios estaduais entenderam que é uma ordem. O PT deve priorizar alianças nacionais e as campanhas de petistas para o governo só devem ser colocadas onde houver chance cristalina de vitória. Caso contrário, negocia-se o apoio para o candidato a presidente, que deve ser o próprio Lula (PT).

Em Pernambuco, por exemplo, o PT deve oferecer apoio ao PSB na campanha ao governo e qualquer chance de Marília Arraes (PT) ser candidata por aqui, no partido, tornou-se ainda mais improvável. 

É uma boa notícia para o PSB e para Geraldo Julio (PSB), caso seja ele o candidato socialista à cadeira de Paulo Câmara (PSB).

É uma péssima notícia para Ciro Gomes (PDT) que contava, exatamente, com um afastamento dos partidos de esquerda da órbita petista para montar seu palanque. 

Para ele, pode ser difícil até segurar o PDT, caso a candidatura de Lula ganhe tração.

Comentários

Últimas notícias