Cena Política

Miguel Coelho destaca aproximação com outros gestores da oposição em PE. Segue articulação para 2022

Depois de uma semana em que circulou pela Região Metropolitana do Recife, visitando prefeitos e lideranças, o prefeito de Petrolina reuniu-se com a prefeita de Bezerros, virtualmente.

Igor Maciel
Cadastrado por
Igor Maciel
Publicado em 12/04/2021 às 18:46
JONAS SANTOS/PREFEITURA DE PETROLINA
Miguel Coelho em conversa com a prefeita de Bezerros, do DEM - FOTO: JONAS SANTOS/PREFEITURA DE PETROLINA
Leitura:

O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (MDB), depois de circular pela Região Metropolitana do Recife e confirmar para o presidente do MDB em Pernambuco, Raul Henry, que pretende disputar o gabinete principal do Palácio do Campo das Princesas, segue agora tentando mostrar articulação com outros gestores no interior.

Na segunda-feira (12) a agenda dele destacava uma reunião virtual com a prefeita de Bezerros, no Agreste, Lucielle Laurentino (DEM). 

"Lideranças jovens no Sertão e no Agreste, os prefeitos de Petrolina, Miguel Coelho (MDB), e de Bezerros, Lucielle Laurentino (DEM), tiveram uma reunião para troca de experiências na gestão pública", diz o comunicado à imprensa.

Há um simbolismo em Lucielle. Ela é o resultado de uma construção muito bem feita dela com o DEM para assumir a prefeitura da cidade, no Agreste. A cidade tem pouco mais de 60 mil habitantes, mas uma economia em crescimento contínuo devido a proximidade com a capital e com o Polo Têxtil.

Esse trabalho, que teve muita participação do ex-ministro Mendonça Filho (DEM), tirou o PSB do poder por lá. Os socialistas governavam a cidade desde 2013.

Além de ser um local em que o PSB perdeu depois de muitos anos, o DEM é o partido para o qual se fala que Miguel iria, pra disputar o cargo que hoje é de Paulo Câmara (PSB), caso o MDB não lhe dê chance e fique na Frente Popular.

Comentários

Últimas notícias