Cena Política

Saiba quem são os ministros do governo Bolsonaro que devem deixar a gestão em abril para serem candidatos

Ao menos 12 ministros e o vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) são cotados para disputar cargos eletivos em 2022. Com isso, só devem ficar no governo Bolsonaro até 2 de abril. Saiba quais cargos eles devem disputar.

Igor Maciel
Igor Maciel
Publicado em 27/07/2021 às 11:01
Análise
ALAN SANTOS/PR
Metade dos ministros deve sair para se candidatar - FOTO: ALAN SANTOS/PR
Leitura:

A legislação eleitoral obriga quem quiser ser candidato a se desligar do cargo que ocupa, se for um cargo comissionado, até seis meses antes do pleito. Em 2022, com as eleições marcadas para o dia 2 de outubro, o prazo final para quem vai disputar é o dia 2 de abril.

No caso do governo Federal, Bolsonaro deve perder metade do seu ministério no início do ano. Ao menos 12 ministros estão com candidaturas encaminhadas ou negociando alianças para isso.

A lista inclui também o vice-presidente Hamilton Mourão, que será candidato ao Senado. Mas, com ele é diferente. Mourão não é obrigado a deixar o cargo e pode continuar vice-presidente enquanto disputa. Ele só não pode assumir a presidência da República nesse período.

Entre os relacionados para sair do governo está o pernambucano Gilson Machado, titular da pasta de Turismo. Ele pode ser candidato a governador ou senador em Pernambuco.

Todos os possíveis candidatos dentro dos ministérios, hoje, estão entre o governo de seus estados ou o Senado, inclusive. A lista:

 

Damares Alves (ministra da Mulher) - Deve ser candidata ao Senado, mas ainda não definiu por qual estado. Ela é filiada ao PP.

Onyx Lorenzoni (vai assumir ministério do Trabalho. Hoje é secretário-geral) - Quer ser candidato a governador do RS. Ele é filiado ao DEM.

Rogério Marinho (ministro do Desenvolvimento Regional) - Deve ser candidato a governador do RN. Está sem partido.

Gilson Machado (ministro do Turismo) - É cotado para ser candidato ao Senado ou ao governo de PE. Ele é filiado ao PSC.

Flávia Arruda (ministra da secretaria de Governo) - Pode ser candidata a senadora ou governadora do DF. Ela está no PL.

Marcos Pontes (ministro de Ciência e Tecnologia) - Pretende disputar o senado por SP. Está filiado ao PSL.

Marcelo Queiroga (ministro da Saúde) - Pretende disputar o senado ou o governo da PB. Está sem partido.

Fábio Faria (ministro das Comunicações) - Pode ser candidato a governador ou senador pelo RN. Filiado ao PSD.

Tarcísio de Freitas (ministro da Infraestrutura) - deve disputar o governo de SP. Não tem partido.

Anderson Torres (ministro da Justiça) - Candidato a governador ou senador do DF. Filiado ao PSL.

Tereza Cristina (ministra da Agricultura) - Deve disputar o Senado ou o governo no MS. Filiada ao DEM.

João Roma (ministro da Cidadania) - cotado para disputar o governo da BA. Filiado ao Republicanos.

Hamilton Mourão (vice-presidente) - Deve disputar o Senado pelo RS. Hoje, é filiado ao PRTB.

Comentários

Últimas notícias