Cena Política

O PT gosta de ditaduras, desde que sejam de esquerda. A impressão é que, no Brasil, só nunca encontraram ambiente propício

É como se a democracia brasileira fosse, para o PT, um "apesar de", uma imposição burguesa, elitista com a qual é obrigado a conviver por força das circunstâncias.

Igor Maciel
Igor Maciel
Publicado em 10/11/2021 às 13:02
Análise
Inti OCON / AFP
O ditador Daniel Ortega, saudado pelo PT como exemplo de democracia - FOTO: Inti OCON / AFP
Leitura:

A situação é clássica. Você precisa apertar um parafuso e não tem chave de fenda, acaba apelando para uma faca da cozinha.

O Partido dos Trabalhadores, no Brasil, adoraria ter uma chave de fenda. Nunca teve.

A eleição da Nicarágua, que o PT saudou em texto dentro de seu site, aconteceu com protestos das maiores democracias do mundo e da Organização dos Estados Americanos. 

Disse o PT, oficialmente, para "saudar" o resultado da eleição, que o resultado confirma o "apoio da população a um projeto político que tem como principal objetivo a construção de um país socialmente justo e igualitário".

A "democracia" que o partido de Lula chamou de "exemplo para o mundo" no mesmo texto, ficou marcada por uma eleição em que o ditador, no poder há mais de 20 anos, mandou prender sete de seus opositores.

O ditador, Daniel Ortega, tinha menos de 20% nas pesquisas, mas venceu com 75% dos votos. Quase uma aclamação.

A imprensa por lá também é perseguida. Antes da eleição, 30 jornalistas que não concordavam com o governo foram presos.

Se fosse um governo de direita, talvez fosse um abuso para o PT.

Mas Ortega é de esquerda e se diz popular. Então, "tudo bem".

A impressão que se tem é que, nesses momentos, os petistas se veem despertos em seus instintos mais primitivos.

Como se a democracia brasileira fosse, para eles, um "apesar de", uma imposição burguesa, elitista com a qual eles são obrigados a conviver por força das circunstâncias.

Lula deixa escapar esse instinto, vez por outra, como quando fala em regulação da mídia.

Talvez por nunca ter tido ambiente para fazer o que se faz na Nicarágua, em Cuba ou na China, o PT tenha sido obrigado a apelar para a corrupção.

Ditadura é a principal ferramenta usada por políticos e gestores limitados e incompetentes.

A corrupção deve ter sido a faca que o PT usou para apertar o parafuso, na falta da chave de fenda.

Comentários

Últimas notícias