Cena Política

Mendonça Filho é cotado para vice pelo União Brasil. O partido conversa com Sergio Moro

Ex-ministro da Educação é pré-candidato a deputado Federal, mas tem o nome utilizado nas negociações pela cúpula do União Brasil.

Igor Maciel
Igor Maciel
Publicado em 17/01/2022 às 10:54
Reprodução
Os ex-ministros Mendonça Filho (DEM) e Sergio Moro (Podemos) - FOTO: Reprodução
Leitura:

O ex-ministro Mendonça Filho (DEM) está entre os nomes que o União Brasil tem apresentado como um possível vice nas negociações com outras siglas.

O partido é o resultado da junção entre DEM e PSL. O principal alvo das últimas semanas vinha sendo o Podemos.

O presidente do União Brasil, o deputado pernambucano Luciano Bivar (PSL), chegou a verbalizar que o partido iria apoiar Sergio Moro (Podemos). Como se fosse algo já acertado. Provocando até questionamentos sobre Miguel Coelho (DEM), candidato ao governo, fazendo palanque para Moro.

O acerto nacional, porém, ainda não avançou. Outros nomes apresentados pelo União Brasil são o do também ex-ministro Luiz Henrique Mandetta (DEM), que chegou a retirar sua própria pré-candidatura em apoio ao ex-juiz, e o do próprio Luciano Bivar.

Nos últimos dias, porém, começaram a surgir rumores de que o próprio Sergio Moro poderia se transferir para o novo partido.

O ex-juiz não confirmou, nem negou.

A conversa surgiu após visita dele à Paraíba onde encontrou apoiadores. O argumento era de que o Podemos não tem estrutura para oferecer a ele.

No arranjo, ele iria para o partido formado por DEM e PSL e o Podemos indicaria Renata Abreu, atual presidente nacional, como vice.

Já o União Brasil, será o partido que mais terá dinheiro e tempo de TV e Rádio em 2022. Terá algo em torno de R$ 1 bilhão.

Comentários

Últimas notícias