Cena Política

Danilo Cabral e a multiplicação das agendas com João Campos para convencer aliados

Isso acontece também quando o governador Paulo Câmara (PSB) aparece com seus piores números, alcançando uma rejeição de 67%. Candidato procura outro apoio

Igor Maciel
Cadastrado por
Igor Maciel
Publicado em 17/05/2022 às 14:26 | Atualizado em 17/05/2022 às 14:29
 Marcus Mendes
O pré-candidato a governador de Pernambuco, Danilo Cabral (PSB), e o prefeito do Recife João Campos (PSB), participaram da entrega de título de posse na Linha do Tiro - FOTO: Marcus Mendes
Leitura:

Na semana passada, a coluna apontou a preocupação de aliados do PSB, integrantes da Frente Popular, que começaram a desconfiar de um possível “corpo-mole” de João Campos (PSB) na campanha de Danilo Cabral (PSB).

Diziam que o prefeito do Recife não parecia empenhado em trabalhar com o pré-candidato socialista e que poderia ser até de propósito, como se uma derrota agora fosse algo bom para as pretensões futuras do filho de Eduardo Campos.

Não demorou e João Campos disparou a convidar Danilo para agendas na capital. Desde o fim de semana passado anda com o pré-candidato da Frente Popular em vários eventos, assinatura de ordem de serviço e inaugurações.

Agora, está fazendo questão de aparecer nas fotos junto ao colega com quem dividiu bancada em Brasília.

A multiplicação das agendas de Danilo com João acontece também quando o governador Paulo Câmara (PSB) aparece com seus piores números, alcançando uma rejeição de 67% em Pernambuco.

Além de acabar com a preocupação dos aliados, de que o PSB pode “usar Danilo para perder”, aproveita-se João para dar um novo ponto de apoio ao candidato, descolando do governador e aproximando de Eduardo.

Comentários

Últimas notícias