Cena Política

Se MDB de Pernambuco saísse da Frente Popular, iria para Fernando Bezerra, não para Raquel Lyra

Integrantes da equipe de Raquel cogitaram que se ambos, PSDB e MDB, apoiam Simone Tebet (MDB), deveriam ficar junto no estado.

Igor Maciel
Cadastrado por
Igor Maciel
Publicado em 27/05/2022 às 16:53
JEFFERSON RUDY/AGÊNCIA SENADO
Simone Tebet (MDB) - FOTO: JEFFERSON RUDY/AGÊNCIA SENADO
Leitura:

Nos últimos dias, a pré-candidatura de Raquel Lyra (PSDB) acenou para Simone Tebet (MDB) e movimentou-se nos bastidores para atrair o MDB de Pernambuco para a oposição.

Como devem compartilhar da mesma candidata, a ideia era que Raul Henry (MDB) e Jarbas (MDB) migrassem para Raquel e todos estivessem debaixo do mesmo guarda-chuva.

“É improvável para não dizer que é impossível”, segundo uma fonte falando à coluna.

Acontece que Raul e Jarbas não têm interesse em sair da Frente Popular. Há quadros do grupo deles que migraram para o PSB garantindo reeleição ou dependem de ajuda dos socialistas para terem chance.

Mesmo que tivesse tudo em comum com Raquel, não vai. E, se houvesse chance, o partido iria para Fernando Bezerra Coelho, que nunca saiu da sigla e espera uma oportunidade assim faz tempo.

Comentários

Últimas notícias