OPINIÃO

61,2% dos brasileiros pretendem tomar a vacina contra a covid-19 quando estiver disponível, diz pesquisa

Outros 26,9% dizem que a decisão depende do país de origem da vacina e apenas 8,7% não pretendem se submeter a imunização

Cláudio Humberto
Cláudio Humberto
Publicado em 15/09/2020 às 7:09
Notícia

DIVULGAÇÃO
O Paraná Pesquisa ouviu 2.008 brasileiros, de 204 municípios dos 26 estados e do DF, entre os dias 10 e 12 de setembro - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

Vacinação da covid

Levantamento do Paraná Pesquisa revela que, independentemente da obrigatoriedade, 61,2% dos brasileiros pretendem tomar a vacina contra o Covid-19, assim que estiver disponível. Outros 26,9% dizem que a decisão depende do país de origem da vacina e apenas 8,7% não pretendem se submeter a imunização. Sobre a possibilidade de a vacina ser obrigatória, 55,2% são a favor, 38,6% contrários e 6,2% não opinam. Entre os jovens de 16 a 24 anos, 68,2% vão tomar a vacina anti-covid. A taxa cai para 59,6% entre aqueles com 60 anos ou mais. Na região Sul, a taxa de rejeição à vacina atinge 10%, que representa a parcela da população que não vai tomar a vacina de jeito nenhum. O Paraná Pesquisa ouviu 2.008 brasileiros, de 204 municípios dos 26 estados e do DF, entre os dias 10 e 12 de setembro.

Reforma e zona franca

Reforma Tributária afetará a zona franca de Manaus O senador Roberto Rocha (PSDB-MA), presidente da Comissão Mista da Reforma Tributária, confirmou (14) mudanças Zona Franca de Manaus. Ele acha “insustentável” manter casos como a do xarope de refrigerante: produzido sem impostos, quando vendido a outros estados gera crédito tributário. “Não é o negócio xarope”, diz o senador, “é venda de crédito tributário. Não tem cabimento”. A reforma altera IPI e ICMS, principais impostos da cesta de incentivos fiscais do polo industrial de Manaus. O ICMS deve ser absorvido pelo IVA, de alíquota única, para inviabilizar a guerra fiscal prejudicial ao País, disse o senador à Rádio Bandeirantes. Ele reconhece a importância da zona franca, que custa R$30 bilhões, “uma Bolsa-Família”, e 2,5 vezes a receita corrente líquida do Maranhão. O senador cita a defesa do meio ambiente para justificar a zona franca, mas o orçamento do Ministério do Meio Ambiente é dez vezes menor. Roberto Rocha anunciou que o projeto relatado pelo deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) será lido dia 30 e votado comissão em 7 de outubro.

Indicado

Último secretário-geral do Itamaraty no governo da petista Dilma, o diplomata Sérgio Danese está entre as indicações que o Senado vai analisar semana que vem. Foi indicado embaixador na África do Sul.

Pracinhas

Há 76 anos, em 15 de setembro, soldados da Força Expedicionária Brasileira, sob o comando do Marechal Mascarenhas de Morais, partiam para integrar as Forças Aliadas na Itália, na 2ª Guerra Mundial.

Estudo

A Câmara dos Deputados criou ontem uma “comissão de juristas” para avaliar mudanças na Lei da Lavagem de Dinheiro. A ideia é fazer um estudo por 90 dias e propor “ajustes indispensáveis”, diz a Câmara.

Democracia

Criado pelas Nações Unidas (ONU) em 2007, o Dia Internacional da Democracia é celebrado nesta terça-feira (15). No Brasil, esse dia não existe, mas o Senado analisa uma lei para isso. Em plena pandemia.

Frase

"Não queremos uma reforma calçacurta”, senador Roberto Rocha, presidente da Comissão Mista de Reforma Tributária

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias