OPINIÃO

Em muitos estados do Brasil não faltou dinheiro no combate à covid-19, mas sobrou corrupção

Desde 23 de abril, só a Polícia Federal realizou ao menos 75 operações para investigar suspeitas de irregularidades envolvendo contratos no valor de R$2,14 bilhões em 24 Estados e Distrito Federal. Leia a opinião de Cláudio Humberto

Cláudio Humberto
Cláudio Humberto
Publicado em 27/05/2021 às 7:25
Notícia
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
A CPI da covid aprovou a convocação de nove governadores para prestar conta de gastos e ações durante a pandemia - FOTO: FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Leitura:

Não faltam escândalos

A CPI da covid aprovou a convocação de nove governadores para prestar conta de gastos e ações durante a pandemia, e os depoimentos devem revelar que não faltou dinheiro no combate à covid, mas sobrou corrupção. Desde 23 de abril, só a Polícia Federal realizou ao menos 75 operações para investigar suspeitas de irregularidades envolvendo contratos no valor de R$2,14 bilhões em 24 Estados e Distrito Federal.

Em reunião secreta, a CPI acertou detalhes das convocações e deixou de fora políticos alvos da PF e incluiu outros que não são investigados.

Apenas a operação SOS, que investigou a administração de hospitais de campanha no PA, GO e SP, esmiúça contratos de R$ 500 milhões.

Não foram convocados os governadores de Goiás e São Paulo, apesar dos valores, enquanto o do DF, que não é alvo, terá de ir à CPI.

A maioria das 67 operações foi realizada no ano passado, quando os repasses eram bem maiores. Em 2021, foram oito operações.

Agressão desnecessária

O papa Francisco fez uma agressão besta ao Brasil, maior país católico do planeta. Solicitado a nos abençoar, optou pelo preconceito e a mentira para dizer que o Brasil "não tem salvação", em razão de "muita cachaça e pouca oração". Parte da mídia achou ótimo, viu nisso "descontração".

Segredo

O conchavo secreto dos senadores decidiu poupar prefeitos sob suspeita de desvios de recursos federais para o combate à pandemia. Eles foram excluídos de convocação para a CPI da covid.

Blindados

Para Eduardo Girão (Pode-CE), deixar prefeitos de fora das convocações da CPI da covid "caracteriza blindagem". "A sociedade não quer uma parte da verdade, mas toda a verdade", explicou o senador.

Resultado

"O Brasil registrou saldo positivo de 120.935 postos de trabalho com carteira assinada (em abril), durante a pandemia!" comemorou Fabio Faria (Comunicações). Já são quatro meses de resultados positivos.

Diminuiu

O dia mais letal da pandemia no mundo, até agora, foi 20 janeiro, quando 17.294 pessoas perderam a vida para a covid-19. O dia com novos casos, no entanto, foi 29 de abril, com mais de 903 mil.

Ideológica

Passou a valer na Flórida lei que proíbe redes sociais de excluírem perfis de candidatos a cargos eletivos. A lei veio na esteira do banimento do ex-presidente Donald Trump, mas vai enfrentar ações judiciais contrárias.

Contra

Um dos maiores do mundo, o jornal japonês Asahi Shimbun, "parceiro oficial" do Comitê Olímpico Internacional (COI), publicou ontem (26) o editorial "Primeiro-Ministro Suga, por favor cancele as Olimpíadas deste verão", contra a realização do evento marcado para 23 de julho.

Frase

"Muda o rumo da CPI" - Marcos Rogério (DEM-RO) sobre a convocação de governadores para a CPI da covid.

 

 

 

 

 

 

 

 

A CPI da covid aprovou a convocação de nove governadores para prestar conta de gastos e ações durante a pandemia, e os depoimentos devem revelar que não faltou dinheiro no combate à covid, mas sobrou corrupção. Desde 23 de abril, só a Polícia Federal realizou ao menos 75 operações para investigar suspeitas de irregularidades envolvendo contratos no valor de R$2,14 bilhões em 24 Estados e Distrito Federal.

Em reunião secreta, a CPI acertou detalhes das convocações e deixou de fora políticos alvos da PF e incluiu outros que não são investigados.

Apenas a operação SOS, que investigou a administração de hospitais de campanha no PA, GO e SP, esmiúça contratos de R$ 500 milhões.

Não foram convocados os governadores de Goiás e São Paulo, apesar dos valores, enquanto o do DF, que não é alvo, terá de ir à CPI.

A maioria das 67 operações foi realizada no ano passado, quando os repasses eram bem maiores. Em 2021, foram oito operações.

 

Comentários

Últimas notícias