Cláudio Humberto

Luxo: Pros e Podemos usam Fundo Partidário para instalar suas sedes nacionais em fabulosas mansões

A farra do aluguel de mansões pago com dinheiro público decorre dos bilhões fáceis do Fundo Partidário e do Fundo Eleitoral

Cláudio Humberto
Cláudio Humberto
Publicado em 13/12/2021 às 6:39
Imagem/Reprodução
Apesar do portão alto, é possível ver o tamanho da sede do Pros em valiosa "ponta de picolé" na QL 26 do Lago Sul. - FOTO: Imagem/Reprodução
Leitura:

Pros e Podemos estão entre os partidos que resolveram gastar o dinheiro público do Fundo Partidário para instalar suas sedes nacionais em mansões fabulosas. No caso do Pros, cujo proprietário usou recursos extraídos do bolso do pagador de impostos até para comprar helicóptero, a sede é própria e se localiza em terreno conhecido como "ponta de picolé", maior que os demais, e com acesso ao lago Paranoá.

A mansão do Pros fica na QL 26, conjunto 1, casa 19, a poucos metros da bela ponte JK, que liga o Plano Piloto ao Lago Sul, em Brasília. Procurado pela coluna, o Pros se recusou a revelar a fortuna paga. Casas vizinhas, em terrenos menores, custam cerca de R$ 6 milhões.

A sede do Podemos fica na QI 17 e é alugada por R$ 14 mil por mês, abaixo da média. A direção nacional tem desconto de pontualidade. A farra do aluguel de mansões pago com dinheiro público decorre dos bilhões fáceis do Fundo Partidário e do Fundo Eleitoral.

Hipocrisia que ignora a Argentina

DIVULGAÇÃO/CASA ROSADA
Presidente Alberto Fernández recebeu Lula na sede do governo argentino - DIVULGAÇÃO/CASA ROSADA

Não surpreende, mas comprova a hipocrisia, o silêncio de parte da imprensa sobre a ingerência de outros países nas eleições brasileiras, estendendo tapetes vermelhos para o ex-presidente e ex-presidiário Lula como se fosse chefe de Estado. Para o deputado José Medeiros (Pode-MT), Lula e os presidentes da Argentina e França, por exemplo, não foram criticados como Bolsonaro, quando declarou apoio a Macri.

Bolsonaro foi criticado por fazer o Brasil "tomar partido" em relação a um "grande parceiro". Exatamente o que não ocorre agora com Lula. "Muita gente fica melindrada quando a gente fala que tem uma parte da mídia que é amestrada", diz Medeiros sobre o tratamento diferenciado.

O tour europeu de Lula custou R$312 mil de recursos do pagador de impostos, mas também isso foi ignorado nas manchetes.

Importante


Desde o início da campanha de vacinação contra a Covid-19, 3.366 brasileiros morreram em decorrência de reação grave ao imunizante, segundo o Boletim Epidemiológico nº90 do Ministério da Saúde.

Ritmo


Os primeiros casos da variante delta foram registrados no início de maio, no Brasil. As primeiras mortes começaram a ser registradas em agosto. A ômicron chegou ao Brasil em 30 de novembro.

Sem restrições


Na Flórida, o governador Ron DeSantis criticou a ideia do passaporte vacinal e disse que visitante será tratado com respeito e como pessoa livre. "Não terão que apresentar documentos médicos para almoçar".

Aumento rendeu


O preço do café disparou 40% em novembro e fez com que as vendas no Brasil caíssem 14%, com a maioria dos consumidores apenas comprando menos e de baixa qualidade. A "facada" valeu a pena.

Grande notícia


A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) divulgou alta de 9,4% no transporte de cargas por via aérea em outubro. A surpresa é que a variação é em relação a outubro de 2019, antes da pandemia.

Anastasia


A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado analisa nesta terça (14) a indicação de Antonio Anastasia (PSD-MG) para ministro do Tribunal de Contas da União (TCU). Ele é suplente da CAE.

Frase


O 5G chegará a todos os municípios brasileiros até 2029" - disse o Ministro das Comunicações, Fábio Faria, ao garantir que o sinal vai melhorar em todo o País.

Comentários

Últimas notícias