Coluna Cláudio Humberto

Sistema da PGR foi alvo de ataque hacker

Criminoso instalou remotamente "robôs" em servidores de países distantes, para de lá simular grande volume de acessos e, assim, identificar vulnerabilidades com o objetivo de invadir o sistema

Cláudio Humberto
Cláudio Humberto
Publicado em 11/03/2022 às 8:16
NE10
Caso provocou grande preocupação porque na PGR há informações sensíveis, inclusive processos que tramitam em segredo de Justiça - FOTO: NE10
Leitura:

A área de TI (tecnologia da informação) da Procuradoria Geral da República conseguiu bloquear um ataque de hacker derrubando seu próprio sistema, por razões de segurança. O criminoso instalou remotamente "robôs" em servidores de países distantes, para de lá simular grande volume de acessos e, assim, identificar vulnerabilidades com o objetivo de invadir o sistema. A tentativa ocorreu na manhã de quarta (9), mas, no mesmo dia, à tarde, o sistema voltou a funcionar. Nunca houve tentativa assim contra o sistema da PGR, cujos cuidados com segurança são intensos e diferentes dos demais órgãos públicos. A PGR avalia se o ataque foi ação isolada ou orquestrada. Afinal, como disse uma fonte interna, "há hackers de Estado e os 'independentes'"... O caso provocou grande preocupação porque na PGR há informações sensíveis, inclusive processos que tramitam em segredo de Justiça. Desta vez, o ataque se deu por meio de um fluxo incomum de acessos provenientes de servidores da Rússia e da China.

Maioria contra a pena de morte

Pesquisa Orbis/Diário do Poder sobre questões sociais no Brasil revela que a maior parte da população (61%), é contrária à pena de morte. Apenas dois grupos do levantamento apresentam maioria favorável à pena capital: os adeptos de religiões de matriz africana e a faixa etária de 18 a 25 anos. Em todos os outros recortes da pesquisa, entre 50% e 73% dos entrevistados são contra o Estado executando criminosos. Na avaliação do diretor de Operações e Pesquisa do Orbis, Marcio Pereira, os brasileiros temem erros judiciais nas sentenças à morte. Entre evangélicos (65,6%) e espíritas (73,1%) a oposição à pena de morte é recorde, entre as religiões. O instituto de pesquisa Orbis realizou 2.154 entrevistas por telefone entre os dias 3 e 4 de marco deste ano, em todas as regiões do País.

Sem causa

Ibaneis Rocha foi o primeiro governador a adotar medidas contra a covid. Quando fechou de universidades e escolas, a UnB "resistiu". Ontem, a UnB "resistiu" de novo ao fim da obrigatoriedade do uso de máscaras.

Boca para fora

Gilberto Kassab elogiou o senador roda-presa Rodrigo Pacheco, que, empacado em 0,8%, nas pesquisas, desistiu de disputar o Planalto. Mas o PSD é só alegria com a decisão: o partido está liberado para conversar com pretendentes à vaga, como o governador gaúcho Eduardo Leite.

Estímulo

A Meta, dona do Facebook e Instagram, vai permitir que usuários de alguns países conclamem por violência contra russos e soldados "no contexto da invasão da Ucrânia". É a violência politicamente correta...

400 milhões!

Na próxima semana, o Brasil vai atingir as 400 milhões de doses aplicadas. Hoje já são 397,8 milhões, média de mais de 500 mil vacinas aplicadas por dia, nos últimos sete dias, segundo o vacinabrasil.org.

Para dentro

Ex-conselheiro da OAB e presidente do Senado, Rodrigo Pacheco aprovou seu projeto corporativista retirando da lei multa para advogados que abandonem processos. Clientes abandonados que se danem.

Pensam naquilo

Pré-candidatos mal conseguem esconder a animação com a chegada do dia 15 de maio, quando podem começar a arrecadar dinheiro para suas campanhas, através do financiamento coletivo.

Frase

Continuem se prevenindo e não deixem de se vacinar" - Ibaneis Rocha, governador do DF, após revogar a
obrigatoriedade no uso de máscaras

Comentários

Últimas notícias