Parcelamento de longo prazo merece cuidado

Diogo Menezes
Diogo Menezes
Publicado em 19/06/2012 às 15:54
Leitura:
Mesmo com todas as facilidades oferecidas pelas operadoras de cartão de crédito, o consumidor deve ter cuidado ao parcelar suas compras. Agora, com a possibilidade de parcelar em até 48 vezes as compras no cartão, o educador financeiro Reinaldo Domingos, presidente do Instituto Diagnosticar, Sonhar, Orçar e Poupar (Dsop), lembra que o benefício imediato pode comprometer o consumidor com as dívidas. Apesar de ser uma ferramenta importante, o cartão de crédito é considerado o grande vilão da inadimplência. Mas essa é uma ideia errada, os cartões são um meio de compra altamente seguro e eficaz. O problema está na ausência de educação financeira dos consumidores. Aprendemos a consumir, e não a poupar.Com as operadoras oferecendo compras em até 48 prestações, o consumidor deve prestar atenção aos juros, orienta Reinaldo Domingos. Apesar das empresas afirmarem que os juros são baixos, é preciso ficar atento. Quem paga juros gasta mais dinheiro e pode se tornar uma pessoa inadimplente. No ano passado, a inadimplência no cartão de crédito cresceu 26,7%, mais do que três vezes a média de pessoa física. O educador ressalta que o problema não é estar endividado, mas não ter o domínio na administração do dinheiro.Para quem tem salário fixo, o educador indica que é importante ter apenas um cartão. É necessário ter consciência que o cartão é um importante instrumento que, se bem utilizado, pode render muitas vantagens, seja no prazo de pagamento, seja em benefícios. Só que é preciso não cair nas linhas de crédito que são oferecidas pelas operadoras, pois os juros cobrados ultrapassam 230% ao ano.Leia mais no caderno de Economia desta terça-feira (19).

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias