Cesta básica na RMR fica 3,3% mais barata. Pesquisar ajuda a economizar

Publicado em 17/06/2016 às 21:20
DIEGO NIGRO/Acervo JC Imagem
Objetivo do comitê é identificar com antecedência dificuldades no fluxo de produção e distribuição de alimentos e outros produtos - FOTO: DIEGO NIGRO/Acervo JC Imagem
Leitura:
Pesquisar é essencial para economizar. Preços variam entre supermercados. Foto: Diego Nigro/JC Imagem Pesquisar é essencial para economizar. Preços variam entre supermercados. Foto: Diego Nigro/JC Imagem O preço da cesta básica caiu 3,3% na Região Metropolitana do Recife (RMR) em maio. A pesquisa do Procon de Pernambuco, que não leva em consideração o Cabo de Santo Agostinho, mostra que 14 de 27 produtos ficaram mais baratos neste mês, como o arroz, o açúcar cristal e a cebola. A batata inglesa ficou 21,89% mais barata, já o café em pó e o feijão apresentaram alta de 15,67% e 4,84%, respectivamente. Porém, para continuar economizando, o consumidor deve pesquisar. A pesquisa foi feita em 34 supermercados da RMR. O preço da margarina varia 155,96%. O maior preço é R$ 2,79 e o menor, R$ 1,09. A diferença percentual no valor do alho fica em 92,52%. O maior preço é R$ 35 e o menor, R$ 18,8. O do feijão varia 70,48%, entre R$ 8,49 e R$ 4,98. "A chuva ajuda na colheita, por isso a maior oferta de produtos influencia na queda. Uma dica para continuar a economizar é pesquisar bem, porque os preços variam muito", afirma o gerente jurídico do Procon-PE, Roberto Campos. LEIA TAMBÉM » Atacarejo é opção para economizar » Como trabalhar em um supermercado? » Cuidado com crédito online

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias