ESTELIONATO

Recebeu uma mensagem da Receita Federal por SMS pedindo para regularizar o CPF? É golpe. Veja como se prevenir

Mensagem enviada para os celulares pelos criminosos tem como objetivo capturar dados arquivados no aparelho dos cidadãos

Edilson Vieira
Edilson Vieira
Publicado em 14/09/2021 às 17:12
Notícia
KATARINA MORAES / JC
Consultas ao CPF devem ser feitas apenas pelos canais oficiais da Receita Federal - FOTO: KATARINA MORAES / JC
Leitura:

A Receita Federal alerta para uma nova tentativa de golpe com objetivo de extrair dados pessoais, bancários e fiscais das pessoas que está sendo realizada por SMS, e não somente por e-mail, como tem sido mais comum.

O cidadão recebe uma mensagem, em seu celular, mandando regularizar o CPF. Nesse SMS, há um link indicado como meio para efetuar a regularização solicitada. A Receita Federal, no entanto, informa que o endereço informado não tem nenhuma relação com o órgão.

OFICIAL

A orientação da Receita Federal é que, caso receba esse tipo de SMS, a pessoa jamais clique no link indicado, e faça no próprio aparelho o bloqueio do número do celular que enviou a mensagem para não receber outros golpes semelhantes.

Caso a pessoa queira saber a situação real do seu CPF deve consultar a página da Receita Federal na internet. No site do órgão, o cidadão pode acessar o banner “Meu CPF”, onde encontrará a orientação completa sobre os serviços de CPF como inscrição, consulta, atualização de dados cadastrais entre outros. Para isso o cidadão deve acessar o site www.gov.br/receitafederal/pt-br/assuntos/meu-cpf.

REGULARIZAÇÃO

Caso o Cadastro de Pessoa Física esteja realmente como pendente de regularização, pode significar a falta de entrega da declaração do Imposto de Renda. Se este for o caso, é importante que o cidadão acesse o sistema e-CAC da Receita, gerando um código de acesso e cadastrando uma senha, com a utilização dos números dos recibos de suas declarações anteriores de imposto de renda. 

O Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) é um banco de dados gerenciado pela Receita Federal, que armazena informações cadastrais de contribuintes obrigados à inscrição no CPF, ou de cidadãos que se inscreveram voluntariamente. Não há idade mínima para a inscrição (recém-nascidos, por exemplo, podem ser inscritos) e é permitida a inscrição de brasileiros ou estrangeiros, residentes no Brasil ou no exterior.

Comentários

Últimas notícias