ÉMPRÉSTIMO CONSIGNADO

Quase 3 milhões de brasileiros pediram o bloqueio de ligações telefônicas oferecendo crédito consignado. Veja como fazer

Número de bloqueios se refere aos últimos 15 meses. Bloqueio das ligações pode ser feito através de uma plataforma digital de maneira simples

Edilson Vieira
Cadastrado por
Edilson Vieira
Publicado em 17/05/2022 às 15:43
Edilson Vieira/JC
Bloqueio de ligações indesejadas pode ser feito facilmente pelo site - FOTO: Edilson Vieira/JC
Leitura:

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) registrou recordes nos pedidos de bloqueio de ligações telefônicas feitas por consumidores através da plataforma Não me Perturbe. 

O Não me Perturbe é um site que permite, de forma simples e gratuita, evitar que serviços de telemarketing façam ligações telefônicas oferecendo serviços e produtos. Basta fazer um cadastro no site https://www.naomeperturbe.com.br/, indicando o número do telefone que não deverá mais receber esse tipo de ligação. Geralmente, as ligações são feitas por empresas de telefonia móvel e fixa, TV por assinatura e Internet. No caso das instituições financeiras as operações mais ofertadas são o empréstimo consignado e o cartão de crédito consignado. 

PEDIDOS

Entre 2 de janeiro de 2020 e 26 de abril de 2022,  cerca de 2,9 milhões de solicitações de bloqueios de telefone para o recebimento de ligações de oferta indesejadas sobre crédito consignado foram registradas, segundo a Febraban. Já os pedidos de bloqueio feitos a todas as instituições financeiras somaram 2.2 milhões.

A maioria dos pedidos de bloqueio de telefone partiu de consumidores da região Sudeste (53,56%). A região Sul responde por 18,12% do total de pedidos, seguida pelo Nordeste (14,48%). Centro-Oeste e Norte respondem por 10,39% e 3,44% dos pedidos, respectivamente. O estado de São Paulo, com 864.246 pedidos de bloqueio, lidera o indicador no país, seguido por Minas Gerais (334.266) e Rio de Janeiro (313.422).

ORIENTAÇÃO

Para fortalecer o “Não me Perturbe” e reduzir as reclamações de consumidores que são importunados com ligações indesejadas, os bancos rejeitam propostas de contratação de consignado encaminhadas por correspondentes em nome de consumidores cadastrados na plataforma. A Febraban também tem divulgado orientações ao consumidor para contratar crédito de forma segura:

- Antes de contratar o empréstimo consignado, peça uma simulação

- Nunca decida com pressa

- Desconfie de propostas com vantagens exageradas

- Não faça depósitos antecipados para receber o empréstimo

- Nunca assine nada sem ler

- Em caso de devolução de crédito consignado por arrependimento ou contratação não solicitada, procure os canais de relacionamento do banco e nunca faça depósitos em contas de terceiros.

Comentários

Últimas notícias