Foi dada a largada para preencher 238 mil vagas no Sisu 2017

Publicado em 24/01/2017 às 1:00
Eduardo quer estudar engenharia de produção na UFPE. Planeja acessar o site do Sisu todos os dias, até sexta-feira. Foto: Diego Nigro /  JC Imagem
FOTO: Eduardo quer estudar engenharia de produção na UFPE. Planeja acessar o site do Sisu todos os dias, até sexta-feira. Foto: Diego Nigro / JC Imagem
Leitura:
Eduardo quer estudar engenharia de produção na UFPE. Planeja acessar o site do Sisu todos os dias, até sexta-feira. Foto: Diego Nigro / JC Imagem Eduardo quer estudar engenharia de produção na UFPE. Planeja acessar o site do Sisu todos os dias, até sexta-feira. Foto: Diego Nigro / JC Imagem Foi dada a largada. Das 23h de ontem (23) até 22h59 de sexta-feira (no horário de Pernambuco), milhares de jovens vão decidir seu futuro ao se inscreverem no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), processo destinado a preencher 238.387 vagas em graduações de 131 instituições públicas do País. Em Pernambuco são 13.975 vagas distribuídas em quatro universidades (UFPE, UFRPE, UPE e Univasf) e dois institutos federais (IFPE e IF do Sertão Pernambucano). Para concorrer, basta ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano passado e não ter tirado zero na redação. Segundo o Ministério da Educação (MEC), o sistema começou a funcionar a zero hora desta terça-feira. As notas de corte – a menor média do candidato que conquistou vaga – só começarão a ser divulgadas amanhã, provavelmente bem cedo. Portanto não é preciso pressa. É fundamental fazer a inscrição ainda hoje, mas sem a agonia de acessar a página do Sisu logo. Como há 6 milhões de pessoas aptas a se candidatarem às vagas, é natural que em alguns momentos haja congestionamento no site. Por isso também recomenda-se que o estudante não deixe para fazer o cadastro no fim do dia. Como Pernambuco não adota horário de verão, o sistema vai fechar, neste primeiro dia, às 22h59. Outra recomendação é acessar o Sisu todos os dias, até sexta-feira, para monitorar seu desempenho. Basta uma vez ao dia pois a nota de corte só mudará na manhã seguinte. “Pela minha média acredito que consigo uma vaga em engenharia de produção na UFPE. Já fui aprovado em engenharia civil na UPE, pelo SSA (Sistema Seriado de Avaliação). Com certeza vou entrar no site diariamente”, conta Eduardo Celso Monteiro, 18 anos, ex-aluno do Colégio Santa Maria, localizado em Boa Viagem, Zona Sul do Recife.

COTAS

Nas universidades federais poderão concorrer pelo sistema de cotas, que representam 50% das vagas, todos os candidatos que cursaram integralmente o ensino médio em escola pública. É importante observar que há quatro subcotas, duas que observam a renda do candidato e duas a raça. Cabe ao estudante escolher em qual delas quer disputar a vaga. Das 13.975 vagas do Sisu em Pernambuco, 6.477 vão ser preenchidas por quem veio da escola pública. A UPE, única instituição estadual, destina 20% das vagas para quem estudou do 6º ano do ensino fundamental à última série do ensino médio em colégio estadual ou municipal. Não pode, portanto, ter sido aluno de colégios militares ou de Aplicação vinculados à rede federal. Emily Costa, 17, terminou a educação básica na Escola de Aplicação do Recife, unidade de ensino estadual ligada à UPE. Quer cursar bacharelado em física na UFPE. “Vou me inscrever como cotista. Mas se no último dia perceber que minha média é suficiente para passar sem a cota sairei para concorrer pela ampla concorrência. Assim darei chance a outro candidato cotista”, diz Emily.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias