Pró-reitores pedem que MEC diminua prazo para participar da lista de espera do Sisu

Margarida Azevedo
Margarida Azevedo
Publicado em 13/12/2017 às 11:19
Foto: Edmar Melo / Acervo  JC Imagem
Foto: Edmar Melo / Acervo JC Imagem
Leitura:
[caption id="attachment_468" align="alignnone" width="748"]"" A UFRPE é uma das universidades de Pernambuco que integram o Sisu. Foto: Edmar Melo / Acervo JC Imagem[/caption]Pró-reitores de graduação de todo o País estão preocupados com o prazo de 15 dias do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para que os candidatos não aprovados se inscrevam na lista de espera. Os estudantes que quiserem participar dos remanejamentos deverão se cadastrar entre 2 e 16 de fevereiro, com convocação por parte das universidades a partir de 20 de fevereiro. O problema é que algumas instituições já terão iniciado o ano letivo nesta data. Por isso, o Colégio de Pró-reitores de Graduação das instituições federais (Cograd) pede ao Ministério da Educação (MEC) que diminua esse prazo.As inscrições no Sisu vão de 29 de janeiro a 1º de fevereiro. O resultado sairá dia 2 de fevereiro. As matrículas acontecerão entre 5 e 7 de fevereiro. Nossa sugestão é que sejam cinco dias para inscrição na lista de espera. Porque como está no calendário, a chamada dos candidatos da lista acontecerá a partir do dia 20, quando algumas universidades já terão iniciado o ano letivo, justifica o coordenador do Cograd, João Alfredo Braida.Ele é pró-reitor de graduação da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), que fica em Chapecó, Santa Catarina. "Na UFFS, por exemplo, o ano letivo começará dia 26 de fevereiro. Os aprovados na lista de espera serão divulgados dia 20. É muito pouco tempo para convocar os estudantes e matriculá-los", observa João Alfredo Braida.  Pelo histórico das instituições, são necessárias pelo menos três chamadas para que todas as vagas sejam preenchidas.Um ofício com o pleito do Cograd foi entregue à  Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) para que a entidade faça essa mediação junto ao MEC. Os reitores estarão reunidos hoje e amanhã em Brasília.

VAGAS

No Sisu haverá, em Pernambuco, 14.033 vagas em 15 cidades. No País são 239.601 vagas. Nacionalmente participam 130 instituições públicas. No Estado são quatro universidades (uma estadual e três federais) e dois institutos federais: UFPE, UFRPE, Univasf, UPE, IFPE e IF Sertão.  Qualquer pessoa que fez o Enem este ano e que não tirar zero na redação pode se inscrever no sistema.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias