Consulte nota do seu curso em ranking de qualidade do MEC

Margarida Azevedo
Margarida Azevedo
Publicado em 19/12/2018 às 9:32
Curso de engenharia de automação da UFPE alcançou nota 5 no CPC. No País, só 2,3% das graduações avaliadas tiraram essa nota. Foto: Guga Matos / JC Imagem
Curso de engenharia de automação da UFPE alcançou nota 5 no CPC. No País, só 2,3% das graduações avaliadas tiraram essa nota. Foto: Guga Matos / JC Imagem
Leitura:
[caption id="attachment_6010" align="aligncenter" width="748"]"" Curso de engenharia de automação da UFPE alcançou nota 5 no CPC. No País, só 2,3% das graduações avaliadas tiraram essa nota. Foto: Guga Matos / JC Imagem[/caption]Nenhuma instituição de ensino superior de Pernambuco obteve nota máxima no Índice Geral de Cursos (IGC), indicador de qualidade aferido pelo Ministério da Educação (MEC) e divulgado ontem. No País, a nota 5 foi conquistada por apenas 1,6% das faculdades avaliadas, entre públicas e privadas (34 no total). No Estado, 84 instituições tiveram desempenho calculado (as notas vão de 1 a 5). A maioria, 71,4% tirou 3, considerada mediana. Ficaram acima da média (nota 4) só 9,5%. Com média insuficiente (nota 1 ou 2) houve 19% dos estabelecimentos pernambucanos.As três universidades federais do Estado Federal (UFPE), Rural (UFRPE) e do Vale do São Francisco (Univasf) conquistaram IGC 4. Outras cinco instituições particulares apresentaram o mesmo resultado: Focca, FBV Wyden, Santa Helena, Nova Roma e Facet. A Universidade de Pernambuco (UPE), única estadual, e os dois institutos federais, IFPE e IF do Sertão, alcançaram média 3.O índice é calculado anualmente e leva em consideração insumos como avaliação dos cursos de pós-graduação e distribuição dos estudantes na graduação e pós. Os dados são de 2017. Observa-se também corpo docente e estrutura.A UFRPE tem se mantido com IGC 4, o que reforça a qualidade da instituição, diz a pró-reitora de ensino de graduação da Rural, Socorro Oliveira. A universidade tem 59 graduações, sendo 50 presenciais e nove de educação a distância.Veja aqui o link para acessar as tabelas com desempenho das instituiçõesApresentação do MECTivemos um crescimento contínuo. Acredito que a reorganização dos projetos pedagógicos dos cursos e a melhoria da estrutura contribuíram. A contratação de mais professores, a maioria com doutorado, também ajudou, ressalta o pró-reitor de graduação da UPE, Luiz Alberto Rodrigues.Dezesseis instituições de Pernambuco tiveram nota 2. Duas estão no Grande Recife: Funeso, em Olinda, e Fachuca, no Cabo de Santo Agostinho. As demais, vinculadas à rede privada ou autarquias, situam-se nas cidades de Limoeiro, Palmares, Garanhuns, Pesqueira, Arcoverde, Floresta, Serra Talhada e Araripina.

GRADUAÇÕES

Além do IGC, o MEC divulgou ontem o resultado do Conceito Preliminar de Curso (CPC), indicador voltado para as graduações. O índice combina desempenho dos estudantes, valor agregado pelo processo formativo oferecido pelo curso e corpo docente, entre outros aspectos.Só 2,3% dos 10.210 cursos avaliados no Brasil chegaram à média 5. Entre eles estão duas graduações da UFPE: engenharia de alimentos e engenharia de controle e automação, ambos ofertados no Recife. Dos 49 cursos avaliados, 61% tiraram nota 4 e 32%, nota 3, comemora o pró-reitor de ensino, Paulo Goes.Usamos conceitos de indústria 4.0, inteligência artificial e internet das coisas. Anualmente avaliamos o currículo. Mais de 90% dos professores são doutores. Temos laboratórios de ponta, diz o coordenador do curso de engenharia de controle e automação, Geraldo Maia Leite.

DESEMPENHO EM PERNAMBUCO

IGCÉ o Índice Geral de Cursos. Vai de 1 a 5. É concedido às instituições de ensino. Reúne avaliação dos cursos de graduação e pós-graduação, proposta pedagógica, infraestrutura, corpo docente e desempenho dos estudantes no Enade84 instituições avaliadas no EstadoNota 4 - 8 instituições, das quais as públicas UFPE, UFRPE e Univasf. As demais são privadas: Focca, FBV Wyden, Santa Helena, Nova Roma e FacetNota 3 - 60 instituições, incluindo as públicas UPE, IFPE e IF do Sertão. As outras são autarquias ou particularesNota 2 - 16 instituições, nenhuma pública. Todas são autarquias ou privadasCPCÉ o Conceito Preliminar de Cursos, calculado separadamente por graduação. Vai de 1 a 5. Combina desempenho dos estudantes, valor agregado pelo processo formativo oferecido pelo curso, corpo docente e condições oferecidas para o desenvolvimento do processo formativo.Veja o desempenho das três maiores universidades públicas do Estado:UFPE - 49 cursos avaliadosNota 2 - 1 (bacharelado em matemática)Nota 3 - 16Nota 4 - 40Nota 5 - 2 (engenharia de alimentos e engenharia de controle e automação)UFRPE - 29 cursosNota 2 - 3 cursos (lic artes visuais, lic história e sistemas de informação, todos no Recife)Nota 3 - 8 cursosNota 4 - 18 cursosNota 5 - nenhumUPE - 34 cursosNota 2 - 2 cursos (licenciatura em geografia e letras português-inglês, ambos em Petrolina)Nota 3 - 27 cursosNota 4 - 5 cursosNota 5 - nenhum

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias