Aulão do IJCPM ajuda 700 feras a revisar assuntos do Enem

Margarida Azevedo
Margarida Azevedo
Publicado em 20/10/2019 às 15:01
Thatiane sonha com aprovação, numa universidade pública,  no curso de fisioterapia. Foto: Filipe Jordão / JC Imagem
Thatiane sonha com aprovação, numa universidade pública, no curso de fisioterapia. Foto: Filipe Jordão / JC Imagem
Leitura:
[caption id="attachment_7007" align="aligncenter" width="748"]"" Thaciane sonha com aprovação, numa universidade pública, no curso de fisioterapia. Foto: Filipe Jordão / JC Imagem[/caption]Aos 22 anos, Thaciane Almeida de Farias pedala seis horas diariamente para fazer entregas por aplicativos. No final do dia, prepara-se para as provas do Enem. O sonho de ser fisioterapeuta é o combustível para manter uma rotina desgastante pelas ruas do Recife e ainda estudar à noite.  Nesta segunda-feira (21) a programação dela será diferente. Vai passar a tarde revisando os principais assuntos da avaliação no aulão promovido pelo Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (IJCPM), no Teatro RioMar.A super revisão beneficiará 700 alunos de escolas públicas e é o marco de um ano inteiro do preparatório para o Enem oferecido, gratuitamente, para jovens das comunidades do Pina e de Brasília Teimosa, Zona Sul do Recife. Para dar leveza ao momento de maior tensão entre os vestibulandos, este ano o aulão se inspirou nos super-heróis.Foram convidados Batman, Homem-Aranha e Capitão América. A ideia é aumentar a autoconfiança, além de debater os problemas que, ao longo do ano, desviam a atenção e atrapalham o foco nos estudos.O aulão será das 13h30 às 18h, dividido em blocos, de acordo com as provas do Enem: linguagens e redação, ciências humanas, matemática e ciências da natureza. Além das dicas para potencializar o desempenho dos feras no exame haverá apresentações musicais e sorteios.O pré-universitário me ajudou em matemática e redação, comenta Thaciane. Ela cursou três períodos de fisioterapia, mas a formação precisou ser adiada devido ao valor da mensalidade, mesmo contando com uma bolsa do Fies que arcava com mais de 80% do valor.Livros, alimentação, passagens e ainda uma parte da mensalidade pesavam muito e tive que parar. Quando a empresa onde eu trabalhava fechou e o seguro-desemprego acabou, não consegui arcar com o custo, comenta Thaciane, agora focada na aprovação em uma universidade pública.

REFORÇO

O pré-universitário do IJCPM existe há nove anos e já beneficiou 630 jovens. Sempre no período noturno, os participantes dispõem de aulas e atividades extras, como reforço, debates culturais, plataforma online de ensino e estímulo a discussões do cotidiano para ajudar na redação. Um diferencial que encontrei foram as mentorias. As aulas não são engessadas. Procurei ajuda para melhorar meu desempenho em redação e matemática, conta a estudante Ana Talita Lessa, 18.O acesso ao aulão será com ingressos distribuídos previamente. Moradores do Pina e de Brasília Teimosa, egressos do ensino médio em escolas públicas, e que quiserem se inscrever para o pré-universitário de 2020, devem ficar atentos. Nos próximos dias o IJCPM disponibilizará link nas redes sociais para pré-inscrição. Depois do cadastro, todo jovem passa por um processo seletivo. Mais informações pelo telefone (81) 3878-0001.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias