COLUNA ENEM E EDUCAÇÃO

Pernambuco tem o 3º melhor Ideb 2019 do País, no ensino médio, na rede estadual

Estado fica empatado com o Paraná. Acima deles estão Goiás e Espírito Santo

Margarida Azevedo; Agencia Brasil
Margarida Azevedo; Agencia Brasil
Publicado em 15/09/2020 às 11:26
Notícia

Foto: Guga Matos/JC Imagem
Pernambuco teve Ideb 4,5 no ensino médio, em 2019 - FOTO: Foto: Guga Matos/JC Imagem
Leitura:

Alterado às 12h40 para correção e acréscimo de informações 

Pernambuco obteve a terceira melhor colocação no ensino médio entre as redes estaduais de ensino, comparado com restante do Brasil, no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2019. O indicador de qualidade é aferido a cada dois anos pelo Ministério da Educação (MEC). O Estado ficou com média 4,4, empatado com o Paraná. Em primeiro lugar está Goiás, com 4,7, e em segundo, Espírito Santo, com 4,6.

Os dados foram divulgados na manhã desta terça-feira (15), em Brasília, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão do MEC responsável pelas estatísticas educacionais oficiais do Brasil.

Em vídeo, o governador Paulo Câmara afirmou receber "com muita satisfação" os número do Ideb e disse ainda o governo do Estado está acompanhando os números da pandemia da covid-19 para poder retomar as aulas presenciais. "Recebemos com muita satisfação o resultado do Ideb 2020. Mais uma vez a nota do ensino médio da rede estadual superou a meta nacional [...]. Isso coloca a nossa educação entre as três melhores do país", iniciou. 

Na mesma fala, Câmara parabenizou estudantes e servidores das escolas estaduais. "Construímos a maior rede de escolas de tempo integral também do país, colocando a educação como valor primordial do nosso governo. Quero agradecer o empenho de todos os nosso professores, gestores, servidores das nossas escolas e parabenizar a todos os estudantes que fizeram história mais uma vez com essa importante marca para a educação básica de Pernambuco. Tenham certeza de que estamos tomando todas as medidas necessárias e acompanhando os números da epidemia da covid-19 para que possamos retomar as aulas presenciais e manter a educação de Pernambuco como um exemplo", concluiu. 

O Ideb é calculado para o ensino fundamental e para o ensino médio, com base em dados de aprovação nas escolas e de desempenho dos estudantes no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb). O Saeb avalia os conhecimentos dos estudantes em língua portuguesa e matemática. O índice final varia de 0 a 10.

Inicialmente, quando essa matéria foi publicada, consideramos as médias gerais dos Estados, juntando o desempenho das redes pública e privada. Nesse caso, Pernambuco ocupa a 4º colocação, empatado com o Distrito Federal. Mas o Inep alerta que no caso das escolas estaduais, a participação é censitária, ou seja, todos os alunos fazem o Saeb. Entre as escolas privadas, a participação é voluntária.

Por isso, o ranking que melhor representa o desempenho no ensino médio é o da rede estadual. E por esse motivo, o título primeiramente publicado foi corrigido com a posição de Pernambuco na rede estadual (antes dizia a posição geral).

METAS

O índice tem metas diferentes para cada ano de divulgação e também metas específicas nacionais, por unidade da federação, por rede de ensino e por escola. A intenção é que cada instância melhore os índices para que o Brasil atinja o patamar educacional da média dos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).


Ideb 2019 - Pernambuco

Ensino médio

Total - 4,5
Rede estadual - 4,4
Rede privada - 5,9

Anos iniciais - ensino fundamental

Total - 5,5
Rede pública - 5,1
Rede estadual - 5
Rede privada - 6,5

Anos finais - ensino fundamental

Total - 4,8
Rede pública - 4,5
Rede estadual - 4,7
Rede privada - 6



O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias