EDUCAÇÃO

Professores da rede estadual de Pernambuco farão protesto nesta quarta-feira (18)

Manifestação deve começar às 9h, em frente ao Palácio do Campo das Princesas, no Recife

Thalis Araújo
Thalis Araújo
Publicado em 17/11/2020 às 21:21
Notícia

FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
Protesto vai ser liderado pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe) - FOTO: FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
Leitura:

Os professores da rede estadual de Pernambuco vão paralisar aulas e atividades presenciais e remotas nesta quarta-feira (18) para protestar a favor da atualização do piso salarial do Magistério. O ato, liderado pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe), será a partir das 9h, em frente ao Palácio do Campo das Princesas, em Santo Antônio, área central do Recife.

>> Confira a volta dos estudantes dos anos iniciais do ensino fundamental às escolas particulares em Pernambuco

>> O desafio do ensino híbrido: aula na escola e em casa ao mesmo tempo

>> Ano escolar perdido ameaça afetar renda e produtividade no longo prazo

Em entrevista à Rádio Jornal, o professor Fernando Melo, presidente do Sintepe, explicou que o Governo de Pernambuco disse, em reunião com a categoria, no dia 6 de novembro, que só estava atualizando o piso salarial para os professores que recebem salários inferiores a R$ 2.886.24. No Estado, segundo Melo, 5.611 profissionais da educação recebem o valor.

"Esse quantitativo de pessoas teria a atualização do piso e seria pago também o retroativo até 1º de janeiro deste ano, porém as pessoas que estão acima do piso terão seus vencimentos congelados. Ao informar essa situação, o governo aponta para um desmonte do nosso plano de carreira", disse.

Ainda de acordo com o presidente do Sintepe, o ato realizado nesta quarta será simbólico e não vai causar aglomeração, em virtude da pandemia do novo coronavírus.

Escolas seguem abertas

Segundo o governo do Estado, as escolas estarão abertas normalmente nesta quarta-feira (18). 

Comentários

Últimas notícias