COLUNA ENEM E EDUCAÇÃO

Primeira edição do Sisu 2021 terá 209 mil vagas. Feras poderão consultar opções nesta sexta-feira

Ministério da Educação promete liberar nesta sexta-feira consulta de vagas para o Sisu 2021.1. Cento e dez universidades vão participar da seleção. Para Pernambuco serão cerca de 15 mil vagas

Agência Brasil; Margarida Azevedo
Agência Brasil; Margarida Azevedo
Publicado em 05/03/2021 às 11:27
Notícia
FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
Candidatos que fizeram o Enem 2020 podem concorrer às vagas do Sisu 2021 - FOTO: FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
Leitura:

O Ministério da Educação disponibilizará nesta sexta-feira (5) a consulta de vagas a serem ofertadas no primeiro processo seletivo de 2021 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). As vagas disponíveis para consulta somam 209.190, distribuídas em 5.685 mil cursos de graduação de 110 instituições públicas de educação superior. 

Os dados disponíveis para consulta ainda são preliminares, pois podem ser alterados pelas instituições que aderiram a essa edição do Sisu até, no máximo, a véspera da abertura das inscrições. O período de inscrições dos candidatos será de 6 a 9 de abril. O resultado do Sisu está previsto para ser divulgado no dia 13 de abril. Para concorrer é preciso ter feito o Enem 2020.

A consulta das vagas ficará disponível na página eletrônica do Sisu até o final do processo seletivo. Na consulta é possível visualizar as vagas ofertadas por modalidade de concorrência, cursos e turnos, instituições e localização dos cursos. Também será possível acessar a íntegra do documento de adesão de cada uma das 110 instituições que aderiram ao Sisu.

Todas as instituições públicas de educação superior puderam aderir ao Sisu, edição do primeiro semestre de 2021, até o dia 23 de fevereiro, quando teriam que indicar as condições específicas de concorrência às vagas por elas ofertadas no âmbito da seleção unificada.

PERNAMBUCO

De Pernambuco, participam do Sisu cinco universidades e dois institutos, com cerca de 15 mil vagas. Até o início das inscrições, é importante conhecer os cursos, as regras de cada instituição e como funcionará o bônus, na nota do Enem, para estudantes do Estado que vão concorrer aos cursos de medicina, direito e odontologia. Também vale saber quando começará o ano letivo de 2021, já que devido à pandemia de covid-19 os calendários acadêmicos foram modificados.

Criado em 2010, o Sisu substitui o vestibular. Qualquer pessoa que fez o Enem 2020 e que não tirar zero na redação pode concorrer. Nas instituições federais, 50% das vagas vão para egressos de escolas públicas. A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) é a que vai disponibilizar mais vagas, 6.922.

A Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) terá 3.840. É menos que na primeira edição do Sisu 2020 porque desta vez as 560 vagas de Garanhuns, no Agreste, vão para a Federal do Agreste de Pernambuco (UFAPE), criada em 2018 como um desmembramento da Rural.

A Universidade de Pernambuco (UPE) terá 1.740 vagas e a Federal do Vale do São Francisco (Univasf) somará 1.610 no total, sendo 800 ofertadas em Pernambuco (Petrolina e Salgueiro), 640 na Bahia (Senhor do Bonfim, Paulo Afonso e Juazeiro) e 170 no Piauí (São Raimundo Nonato).

O Instituto Federal do Sertão Pernambuco (IF Sertão-PE) tem 402 vagas apenas para o primeiro semestre letivo. Já no Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) é o contrário: as vagas, 465 no total, serão exclusivamente para o segundo semestre.

Como participar

As inscrições ao Sisu serão realizadas, exclusivamente, na página sisu.mec.gov.br. O cronograma e as regras dessa edição do Sisu foram oficializadas por meio do edital nº 10, publicado no dia 11 de fevereiro, no Diário Oficial da União (DOU).

Para participar do Sisu será exigido do candidato que ele tenha feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), edição de 2020, obtido nota superior a zero na prova de redação, e não tenha participado do Enem na condição de treineiro.

O Sisu é o sistema informatizado do MEC no qual as instituições públicas de educação superior, sejam elas federais, estaduais ou municipais, oferecem vagas a serem disputadas por candidatos inscritos em cada edição da seleção. Os candidatos são selecionados para as opções de cursos indicadas no ato de inscrição, de acordo com a melhor classificação de nota obtida na edição mais recente do Enem, que será a de 2020.

Cronograma

Inscrições: de 6 a 9 de abril;

Resultado da chamada única: 13 de abril

Matrícula ou registro acadêmico: de 14 a 19 de abril

Manifestar interesse em participar da lista de espera: de 13 a 19 de abril.

VAGAS DO SISU EM PERNAMBUCO

UFPE

6.922 vagas no total
5.472 no Recife
1.020 em Caruaru
430 em Vitória de Santo Antão


UFRPE

3.840 vagas no total
2.200 no Recife
720 em Serra Talhada
600 no Cabo de Santo Agoatinho
320 em Belo Jardim


UPE

1.740 vagas no total
745 no Recife
315 em Petrolina
245 em Nazaré da Mata
225 em Garanhuns
50 em Camaragibe
45 em Caruaru
45 em Palmares
35 em Arcoverde
25 em Salgueiro
10 em Serra Talhada


UFAPE

560 vagas no total, todas em Garanhuns

Univasf

1.610 no total (800 em Pernambuco, 640 na Bahia e 170 no Piauí)
720 em Petrolina
80 em Salgueiro
420 em Juazeiro (BA)
180 em Senhor do Bonfim (BA)
40 em Paulo Afonso (BA)
170 em São Raimundo Nonato (PI)


IFPE

465 vagas no total
305 no Recife
160 em Pesqueira


IF Sertão-PE

402 vagas no total
177 em Petrolina
90 em Salgueiro
70 em Serra Talhada
40 em Santa Maria da Boa Vista
25 em Floresta

Início do ano letivo de 2021

UPE: 13 de outubro
UFPE: 20 de setembro
UFRPE: Será em janeiro de 2022, mas a data ainda não foi definida
UFAPE: Segue a UFRPE
Univasf: 24 de novembro (previsão)
IFPE: a partir de 22 de março (depende de cada câmpus). Mas as vagas do Sisu só são para cursos de segunda entrada, ou seja, com início das aulas a partir de 25 de agosto (cada unidade define). No Recife deve ser na segunda quinzena de setembro
IF Sertão-PE: a partir de 20 de abril, de acordo com cada unidade acadêmica

BÔNUS NO ENEM

Prevê o acréscimo de 10% na média final do Enem para:

UFPE

* Recife
Apenas para o curso de medicina. O candidato deve ter cursado e concluído todo o ensino médio em escolas regulares e presenciais de Pernambuco (pública ou privada). Também precisa morar no Estado

* Vitória de Santo Antão e Caruaru
Vale para todos os cursos. Ganham o bônus os estudantes que tiverem cursado e concluído todo o ensino médio em escolas regulares e presenciais das mesorregiões da Zona da Mata Pernambucana e do Agreste Pernambucano e que residam nessas regiões

UPE

* Recife
Válido para os cursos de medicina, odontologia e direito. O candidato deve ter estudado todo o ensino medio em Pernambuco. Também precisa morar no Recife, Região Metropolitana ou na Zona da Mata

* Garanhuns e Serra Talhada
Exclusivo para o curso de medicina. Além de haver feito todo o ensino médio no Estado, o candidato deve residir no Agreste, no caso das vagas de Garanhuns, ou no Sertão, no caso das vagas de Serra Talhada

* Arcoverde
Vale para odontologia e direito. O vestibulando também deve ter estudado o ensino médio em Pernambuco. Sua residência tem que ser em alguma cidade do Sertão

 

Comentários

Últimas notícias