COLUNA ENEM E EDUCAÇÃO

Matrícula dos aprovados no Sisu começa nesta segunda-feira e vai até dia 23

Cronograma depende de cada instituição. Em Pernambuco, UFPE, UFRPE, UFAPE, Univasf e IF Sertão farão a matrícula online. UPE será presencial e IFPE adotará os dois modelos

Margarida Azevedo
Margarida Azevedo
Publicado em 18/04/2021 às 18:30
Notícia
FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
EXAME Nesta nova edição, as provas estão programadas para os dias 21 e 28 de novembro, tanto para candidatos que se inscreveram no formato impresso como no digital - FOTO: FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
Leitura:

Depois da comemoração em ver o nome entre os aprovados no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), os candidatos devem ficar atentos aos prazos e documentos para realizar as matrículas, previstas para acontecer desta segunda (19) até sexta-feira (23), de acordo com cronograma de cada instituição. Devido à pandemia de covid-19, a maioria das universidades vai realizar o procedimento remotamente. Ou seja: é preciso redobrar a atenção para ter certeza de que todos os documentos exigidos foram enviados corretamente e de maneira legível.

Em Pernambuco, apenas a Universidade de Pernambuco (UPE) realizará a matrícula totalmente presencial dos seus 1.740 aprovados, de amanhã até sexta-feira, das 8h às 13h. Mas segundo o edital do Sisu, o estudante tem que entrar em contato previamente para agendar o atendimento com a coordenação dos câmpus por causa da pandemia, que exige restrições sanitárias e o cumprimento de normas de biossegurança.

No Instituto Federal de Pernambuco (IFPE), os aprovados no câmpus de Pesqueira, no Agreste, farão igualmente a matrícula neste período e presencialmente. O agendamento será por e-mail (matricula.sisu@pesqueira.ifpe.edu.br). Já os estudantes que vão cursar o IFPE no Recife terão que enviar a documentação online.

As outras instituições do Estado que integram o Sisu receberão a documentação apenas virtualmente - as Universidades Federal de Pernambuco (UFPE), Federal Rural (UFRPE), Federal do Agreste (UFAPE), Federal do Vale do São Francisco (Univasf) e o Instituto Federal do Sertão do Sertão Pernambucano (IF Sertão PE).

Para quem foi aprovado pelo sistema de cotas, vale lembrar que há necessidade de apresentar mais comprovantes para que as instituições tenham certeza de que o candidato tem mesmo direito ao benefício. E nesta edição do Sisu, pela primeira vez, houve a concessão de um bônus de 10% na nota do Enem para os concorrentes de medicina, na UFPE de Recife, que estudaram todo o ensino médio no Estado. Na UPE esse mesmo acréscimo ocorreu para vestibulandos de medicina, odontologia e direito nas unidades acadêmmicas onde são ofertadas essas graduações.

LISTA DE ESPERA

O fera que não foi aprovado em nenhuma das duas opções que se inscreveu poderá se candidatar aos remanejamentos, se inscrever na lista de espera até sexta-feira. Caso o estudante não acesse a página do Sisu neste período para confirmar o interesse em participar, ele ficará de fora da disputa pelas vagas que sobrarem após a primeira matrícula dos aprovados no listão.

O MEC ressalta que o estudante deve certificar-se de que sua inscrição foi realizada. Ao finalizar o procedimento, o sistema emitirá uma mensagem de confirmação.

Outro detalhe importante: o vestibulando não concorre nos dois cursos que se inscreveu no Sisu. Ele tem que indicar, ao se inscrever na lista de espera, em qual das duas graduações vai querer continuar concorrendo, se na primeira ou na sua segunda opção.

Vale lembrar que as convocatórias para os remanejamentos são feitas diretamente pelas instituições de ensino. Portanto, a partir de 27 de abril é preciso ficar ligado nos sites das universidades para saber se foi ou não aprovado.

Comentários

Últimas notícias