HGV terá mais leitos, mas o quadro de profissionais continua o mesmo

Felipe Vieira
Felipe Vieira
Publicado em 01/11/2011 às 15:58
Leitura:
Foi inaugurada, nesta terça-feira (1),  A enfermaria traumato-ortopédica e o Centro de Reabilitação e Readaptação Física do Hospital Getúlio Vargas (HGV). O governo também promete duplicar a capacidade de atendimento da emergência até 2013, com a quantidade de leitos passando dos atuais 50  para 100.  As ações, que integram o Plano Diretor do HGV e devem ajudar a desafogar a unidade, onde pessoas esperam até cinco meses por uma cirurgia ortopédica.O problema é que o governo só fala na ampaliação física, mas não do quadro de pessoal. E a superlotação não é só por falta de leitos, mas porque a equipe médica e multidisciplinar não consegue atender a grande demanda. Afinal, quando é que o Estado vai fazer um novo concurso na área de saúde?

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias