Vandalismo de fato no Centro do Recife

Publicado em 14/06/2013 às 17:50
Leitura:
Para quem não sabe o significado da palavra vandalismo e vive empregando o termo, erroneamente, para definir protestos populares, eis um exemplo preciso: danificar obras de arte, como a estátua do poeta Carlos Pena Filho, na Praça da Independência, no Centro do Recife. A imagem recebeu uma terrível maquiagem vermelha que não esconde a vergonha de quem aprecia o Circuito da Poesia e gostaria de viver em um lugar mais civilizado. Foto de Guga Matos/ JC Imagem. Guga Matos/ JC Imagem

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias